sábado, 19 de março de 2011

EX OFICIAIS MILITARES DOS EUA DIZEM QUE OVNIS DESARMARAM ARMAS NUCLEARES







“Um grupo formado por seis ex-oficiais da Força Aérea dos Estados Unidos (Usaf, na sigla em inglês) e um pesquisador de objetos voadores não identificados (óvnis), se reuniram em Washington na segunda-feira (27 de setembro de 2010)  para compartilhar suas experiências de observação de UFOs voando sobre as instalações de armas nucleares na última década.

O pesquisador desses objetos voadores não identificados, afirma que extraterrestres têm sobrevoado bases de mísseis e desativado bombas nucleares e que os alienígenas, estão interessados na corrida armamentista na Terra e poderiam estar enviando uma mensagem à população mundial.

Segundo o site TG Daily, os sete irão apresentar um documento contendo testemunhos de mais de 120 antigos oficiais militares apontando para uma "intervenção" alienígena até meados de 2003.
“A Usaf tem mentido sobre os impactos de óvnis em bases nucleares na segurança nacional e nós temos provas", afirma o capitão de lançamento Robert Salas. O grupo afirma que os objetos voadores não identificados têm sobrevoado locais com armas nucleares desde 1948 e que possui documentos que comprovam isso.
Em muitos casos, os mísseis apresentaram mal funcionamento ao mesmo tempo que objetos em formato de disco voavam silenciosamente nas proximidades das bases. Outro membro do grupo, Charles Halt, afirma ter visto um objeto voador no formato de disco lançando um feixe de luz em direção à base da Real Força Aérea britânica (RAF, na sigla em inglês) em Bentwaters, na Inglaterra. Após isso, ele ouviu no rádio que a "aeronave" teria pousado em uma área de armazenamento de armas nucleares.
Os ex-oficiais acreditam que os governos dos dois países "abafaram" as notícias, utilizando excelente métodos de desinformação.”

“Numa conferência de imprensa no National Press Club, os seis ex-funcionários e um ex-soldado falaram de suas observações pessoais e relatos de seus subordinados e outros em relação a histórias de Óvnis sobre silos de mísseis nucleares e armazenamento dessas armas nas décadas de 60, 70 e 80.
Três ex-oficiais da Força Aérea, embora não tenham visto pessoalmente as naves, disseram a repórteres que objetos voadores não identificados sobrevoaram  silos em torno da Base Aérea Malmstrom, Montana, em 1967, aparentemente desarmado temporariamente alguns mísseis nucleares.

Grande parte do testemunho está em livros, sites e outras fontes, mas o ufólogo Robert Hastings, que organizou a conferência de imprensa, disse que era hora do governo dos EUA em aceitar a veracidade de visitas.
"Eu acredito, e estes senhores acreditam também que o nosso planeta é visitado por seres de outro mundo, por algum motivo interessados na corrida ao armamento nuclear que começou no final da Segunda Guerra Mundial", Hastings disse, acrescentando que mais de 120 ex-membros dos militares contaram-lhe histórias sobre  visitas de UFO em locais de armazenamento nuclear.
Um aviso à Terra?

"Com relação aos incidentes de mísseis fora, minha opinião é que não importa que tripulação destes aviões está enviando um sinal para Washington e Moscou, e em outros países, por isso vamos deixar claro, que estamos brincando com fogo, e que a posse e a ameaça das armas nucleares, ameaça a raça humana e a integridade do meio ambiente e do planeta ", disse ele.

Ex-capitão da Força Aérea Robert Salas, que escreveu um livro sobre o incidente em Montana, disse que estava no subsolo quando um OVNI rondou seu silo de mísseis em março de 1967 e, portanto, não poderia vê-lo. Ele disse que um dos guardas na área disse ter visto um objeto vermelho brilhante, cerca de nove metros de diâmetro, voando sobre a porta da frente do estabelecimento, em uma área isolada, longe de Malmstrom.
"E quando eu estava chamando meu comandante, nossos mísseis começaram a adotar uma condição 'inútil', impossível de ser lançado. Em essência, eles foram desativados enquanto o objeto voou sobre o nosso lugar", disse Chambers. Ele e outros disseram que as autoridades exigiram que eles não discutissem o incidente na época.
O coronel aposentado Charles Halt, lembra de ter visto esses objetos voando sobre a floresta, perto da estação da Força Aérea Real Bentwaters Woodbridge e no leste da Inglaterra, em dezembro de 1980. Ele e outros agentes de segurança estão investigando relatos de luzes estranhas fora de uma das bases.
"Ao longo da floresta que havia um objeto que irradiava uma luz brilhante," Halt segunda-feira. "A melhor maneira de descrevê-la é como um olho vermelho brilhante com um centro escuro. Ele parecia estar piscando, foi coberto com uma espécie de pingos de metal líquido, e silenciosamente se moveu entre as árvores, evitando qualquer contato, movendo-se cima e para baixo. Em um momento ele se aproximou de nós, e nós queríamos aproximar-se, mas voltou para a floresta e, silenciosamente, partiu-se em cinco objetos brancos e depois desapareceu, assim que entramos na floresta em busca de provas, parecia que algo caiu dele, mas não encontramos nada ", disse ele.
O coronel aposentado lembra de ter visto posteriormente outros objetos no céu, incluindo um que parou a 900 metros de altura e "enviou um feixe de luz direcionado para o chão.
" Ninguém ficou ferido. Foi um feixe de laser. Ficamos ali, aterrorizados. Seria um aviso? Foi uma tentativa de comunicação? Era uma arma ou um meio de exploração?" - disse.
Ao mesmo tempo, ele ouviu relatos de rádio do pessoal da base, indicando que os raios de luz a partir de alguns objetos "foram caindo dentro ou próximo do armazenamento de armas." Em uma reunião da equipe, realizada após uma geral decidiu que o incidente "ocorreu fora da base, por isso era problema britânico", recorda Halt. "Em outras palavras, se recusou a se envolver."
U. S. Força Aérea investigou óvnis 1948-1969 em um programa que acabou sendo chamado Projeto Blue Book. O serviço informou em seu site que o projeto concluiu que "nenhum UFO relatado, investigada e avaliada pela Força Aérea deu qualquer indicação de ameaça à nossa segurança nacional, disse ainda que "nenhuma evidência de que os resultados classificados como "não identificado" podem ser considerado veículos extraterrestres.
Salas disse que o fenômeno desses objetos é real, não imaginário, e acrescentou que atualmente existe um ar de mistério pelo governo dos EUA sobre esse fenômeno.
Um repórter perguntou ao ex-militares se eles acreditam que a mensagem dos alienígenas é que devemos nos livrar das armas nucleares, tal como proposto pela teoria de Hastings, e se eles acham que realmente deve-se livrar delas. Dos sete, apenas um  na sala levantou a mão.”
-----
Fontes:

Um comentário:

  1. Dear Sir or Ma'am,

    In reference to Robert Hastings, he says a lot of things, many of which can't stand up to careful examination. His and Robert Salas' claims for the past 15 years regarding a centerpiece of his "UFOs and Nukes" lectures is one of those cases. His discussions of Robert Salas' claims involving asserted experiences during the alleged UFO events at Echo Flight and Oscar Flight in March 1967 fail to take into account the widely known facts of Salas' very poor credibility and his numerous, proven lies to the public regarding this matter. There were no UFOs involved at Echo Flight at all, and the incident at Oscar Flight never even happened. The men who have spread these lies, primarily Robert Salas and Robert Hastings, have done so for their own benefit, and they have proven to be both dishonest and wrong on numerous occasions in numerous ways. I would recommend that if you are truly interested in knowing what actually occurred at Malmstrom AFB in March 1967 you go to the following URLs, where you can download at no cost the book and supporting articles discussing the case:

    http://www.scribd.com/doc/26641522/Americans-Credulous-by-James-Carlson

    http://www.scribd.com/doc/42303580/Echo-Flights-of-Fantasy-Anatomy-of-a-UFO-Hoax-by-James-Carlson

    http://www.scribd.com/doc/49495918/The-Bunny-s-Retort-by-James-Carlson

    I would also recommend that you examine the numerous interviews and articles at the Reality Uncovered website: http://www.realityuncovered.net/ -- seven of the top nine articles all discuss the events at Echo Flight in March 1967, and include interviews with both the commander and the deputy commander at Echo Flight on March 16, 1967 when the missiles were taken offline by an electronic noise pulse.

    A lot of information regarding this incident can also be found at the Reality Uncovered forum, in particular the Echo Flight Incident thread: http://www.realityuncovered.net/forum/viewtopic.php?f=19&t=1688&sid=fb3fd24f098c0f3bc35595ea1b41a146.

    Tim Hebert, an ex-USAF missileer himself, has also written some enlightening articles regarding the case on his blog at: http://timhebert.blogspot.com/.

    Dr. David Clarke, for many years an accepted expert regarding the British military forces' investigations of the UFO phenomenon for many years, has also discussed this case in the context of the "UFO and Nukes" connection asserted by author Robert Hastings. You can read his article on the subject at http://drdavidclarke.blogspot.com/2010/11/flat-earth-nukes.html.

    The lies currently being spread by Robert Hastings and Robert Salas have not merely been shown to be full of irresponsible interpretations of the actual events, they have been repeatedly proven to be lies contrary to both witness testimony and documented evidence. There is no doubt whatsoever that they created this case for their own benefit, and that none of the "incidents" they have described actually took place. There were no UFOs involved -- it is a lie, another silly UFO hoax, and nothing more.

    Witnesses that both men have presented to the public have actually come forward to dispute the claims these men have made. They insist that their statements were taken out of context and distorted purposely in order to suggest the presence of UFOs where no such presence could otherwise be established. Salas and Hastings have perpetrated a UFO hoax of the worst sort, and have attempted to destroy the reputations and career service of better men than themselves, all to sell their books and enable them to charge outrageous prices for their public speaking tours, lectures, and videos.

    As for other possible UFO cases, while I may personally doubt that alien spacecraft were involved, I really have no educated opinion to offer. Frankly, I don't know very much about other cases, and would never, for that reason, venture to put forth my own opinions as more viable than another's.

    Thank you,
    James Carlson
    jtcarl@yahoo.com
    Albuquerque, NM

    ResponderExcluir

Grato pela vossa visita e volte sempre.
Antes de comentar leia por favor:

1. Os comentários deste blog são todos moderados e nos reservamos no direito de publica-lo ou não;
2. Escreva apenas o que for referente ao tema;
3. Não publicaremos comentários que visem promoção pessoal ou de site, de blog, de canal ou de qualquer página na internet;
4. Tampouco publicaremos comentário com publicidade, propaganda ou divulgação de empresas, negócios, partidos, religiões ou seitas;
5. Ofensas pessoais, vocabulário de baixo nível ou spam não serão aceitos;
6. Não fazemos parcerias, debates, discussões ou acordos por meio de comentários;
7. Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato no rodapé da página;
8. Grato por participar e deixar aqui o vosso comentário.