Arquivo Geral de Publicações do Blog

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Barra de Vídeos - Tema Selecionados

Loading...

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

AVISO FINAL


 http://api.ning.com/files/yHLhr6*A68fgpuQflGVqCc5XhMzy0Shc*fiN*OQxtXzP3rGo8wNpbz9UtfU86zMW9xjJWAG8GcHoUT-9h4X0Zg__/foto_artigos.jpg

From: Peter Farley, 16 de janeiro de 2011 

No mês passado os Nativos Peles Vermelhas dos EUA compartilharam suas mensagens e visões de futuro a partir de seus anciãos e chefes. Essas mensagens estão em linha com as mesmas mensagens que eu (no caso Peter) tenho recebido para a nossa orientação durante os últimos anos e que já cresceram no passado mais imediato.
"Através dos Irmãos Anciãos e chefes espirituais das tribos nativas da América do Norte; estas mensagens espirituais foram recebidas na noite do dia 21 de dezembro, de 2010, na noite do Solstício de Inverno (para o Hemisfério Norte) e durante o Eclipse da Lua Cheia durante cerimônias sagradas dos Caminhos da Ilha Tartaruga do Canupa (Cachimbo Sagrado), e da Oração do Caminho Sagrado da Avó Mulher Búfalo Branco: 
(Pte San Cigana Waste Win), O sa da dv Mitakuye Oyasin, que significa:
"As coisas serão difíceis num futuro muito próximo, mas podemos fazer algo sobre isso e " ... devemos começar a desidratar os alimentos e a economizar água e assim por diante. "Também foi dito que" Não devemos esperar por ninguém . Não espere por ninguém."

"... Foi-me dito há muitos anos pelo maior de todos os anciãos dos mais velhos, que um dia" o futuro não pertencerá para àqueles que possuem o desenvolvimento e controle da tecnologia moderna, mas o futuro será daqueles que seguem a espiritualidade, buscam a evolução do espírito," para que seja tocado pela energia do amor e da compaixão.

"As cidades dos Estados Unidos estão em dificuldades tremendas. Diga a seus familiares para sairem das grandes e pequenas cidades . O Espírito nos disse que quando você ver a
ÁGUIA na cidade, é hora de ir para casa / para a natureza / junto à Mãe Terra. O Espirito também falou sobre as cidades, " Vai ser tão ruim nas cidades que a mãe não iria querer ver seu filho sobreviver nelas na época das grandes mudanças / turno . "

"Então, isso depende de onde você irá estar, quando a grande mudança ocorrer . Esta grade de energia do sistema atual será inexistente em muitas áreas, se não em todos os lugares. Se alguém tem uma fonte de energia alternativa, então suas chances de sobrevivência aumentam dramaticamente. Permanecer em estado de oração e de cerimônia do sagrado criará uma oportunidade adicional de sobrevivência. Nosso paradigma/pensamentos/emoções/conhecimento/visões, tudo vai se intensificar e aumentar. Até mesmo anatomicamente nós seremos diferentes.
"É esta parte, "diferente" é a que muitas pessoas não entendem. Este conceito desconhecido é o que as pessoas precisam ter condições evolutivas próprias para entendimento. Esse condicionamento é desenvolvido pela Espiritualidade, e não por nenhuma religião. Nós compreendemos as Religiões como doutrinas e dogmas feitos pelo homem que mudam na medida em que às idéias do homem também mudam, mas a espiritualidade e sua verdade nunca muda ao sabor das idéias dos homens, É o
EU SOU A CONSCIÊNCIA.

"Tem tudo a ver com o CORAÇÃO-ouça o seu coração e sinta se nele há alguma possibilidade de que ele é ressonante com essa mensagem, então, como o Espírito o orientou na última noite... "Não espere por ninguém "isso foi repetido duas vezes para ser enfatizado...  haverá muito pouco tempo para os preparativos finais para o evento mais surpreendente que jamais aconteceu em todo o Universo, e desde o início do tempo. Nós estamos aqui agora e começamos a participar disso tudo! Yay! Mas, precisamos estar acordados e conscientes, e nós precisamos saber o que estamos fazendo .... Fique no Amor, mantenha sua fé e esteja sempre forte e diligente ... Ore pela nossa Mãe Terra preciosa que está em transição e que agora quer levar-nos com ela ..... com amor, Paula Corn Woman
Uma mensagem de Standing Elk (Alce em Pé): Ter, 11 de janeiro de 2011 18:44 Sobre os parentes,
. . . A Implosão do pensamento comum começou. Os pobres já numeraram os ricos. Portanto, a energia daqueles que estiveram em cadeias, aprisionados por meio da manipulação dos pensamentos, estará livre para sonhar novamente. A mente daqueles que foram manipuladas pelos outros a pensar em pensamentos que não eram seus, que não são da luz, vai estar dançando uma música nova. A revolução que vai trazer a Luz das Luzes já começou. O novo governo de Luz e para A LUZ está emitindo o comando para todos aqueles que estavam esperando o sinal, agora é tempo de acordar, o despertar da Era de Aquário ... que começa em 21 de janeiro de 2011 !!!

O dia 11-01-2011 é o início da queda de todos os falsos profetas. Todos os falsos governos sofrerão um lento declínio e já não estarão em serviço para si próprios (de egos para egos). As estruturas que não servem a luz vão todas implodir e o governo da Luz e para A LUZ vai emergir lentamente quando o fogo da Verdade for revelado.
Este é um ciclo final que a humanidade criou para si mesma. É o ritmo da vida. . . Uma nova criação emerge do final da grande ilusão e o despertar de um Mundo Novo e uma Nova Humanidade, dentro e fora começou ..
. . . O começo do fim da escuridão começou. Aqueles que estão dentro da estrutura dos que acham que vão continuar controlando a humanidade vão se tornar vítimas de seu próprio medo. A estrutura deles, das trevas, que cria medo para aqueles que estão dentro da sua criação, eles vão olhar uns para os outros com desconfiança crescente e vão iniciar a lutar entre si mesmo, por que o mal e as trevas são incapazes de criar. Eles criarão um espião para vigiar outro espião dentro de suas fileiras. O sistema entrará em colapso como todos os sistemas corruptos fazem. Eles perseguirão uns aos outros como animais que perseguem seus próprios rabos. Haverá muitos rabos para perseguir e cada cauda terá um conto. A liderança dentro deles vai se tornar sem liderança Deixe o mal para destruir o mal.
O envenenamento da Terra, do Ar, do Fogo e da Água vai parar dentro do tempo. . . A Era de Aquário é sobre a água, portanto todos os aspectos da água irão surgir. A partir do envenenamento para a limpeza, todo o conhecimento será liberado e o karma vai se tornar um amigo ou um inimigo. . . Manteremos a nossa água saudável e limpa! . . A Água é você e você é a água.  
MITAKUYE OYASIN 
Sungdeska Itancan Sapa
Além disso, em ressonância com os recentes acontecimentos de mortandade de aves e peixes ao redor do planeta:

No século passado uma mulher sábia velha da nação indígena Cree, chamada "Olhos de Fogo", teve uma visão do futuro. Ela profetizou que um dia, por causa dos homens brancos ou Yo-ne-gis a 'ganância, haveria de chegar um momento, quando a terra estivesse sendo devastada e poluída, as florestas e suas árvores sendo destruídas, os pássaros cairiam do ar mortos, as águas estariam escurecidas, os peixes sendo envenenados nos córregos e riachos, e as árvores deixariam existir, a nossa humanidade saberia que tudo, poderia deixar de existir.  Haveria chegado um momento em que o "guardiões das lendas, histórias, rituais, cultura e mitos, e todos os povos tribais ancestrais e suas culturas" seriam necessários para nós restaurarmos a saúde do planeta e da humanidade, tornando a terra verde novamente. Eles, os Anciãos seriam a chave   para a sobrevivência da humanidade, eles são os "Guerreiros do Arco-Íris". Haveria chegado um tempo de despertar quando todos os povos de todas as tribos formariam um Novo Mundo de Justiça, Paz, Liberdade e reconhecimento do Grande Espírito... "
          - Profecia Cree
Então, o que significa tudo isto? Perguntei a Standing Elk como muitos de seu povo iriam prestar atenção a essas mensagens. Ele respondeu: 
"Peter, temos mais de 4.000 pessoas em nossa tribo. Muitos seguem as igrejas e as suas formas religiosas. Nós temos um grupo que nasceu para estar em contato com o Espírito e com a Mãe Terra. Sabem o songfsa e as cerimônias que têm existido por mais de 16.000 anos, desde antes do dilúvio. estou assumindo que cerca de 1.000 sabem, mas as minhas hipóteses são de que 1 / 4  (250) atuarão e agirão de acôrdo com o aviso da ÁGUIA do Espírito.

MITAKUYE OYASIN 
Sungdeska Itancan Sapa

No serviço, Peter
16 de janeiro de 2011

Os Hopi são uma nação nativo americana dos Estados Unidos da América que vive principalmente na Reserva Hopi no noroeste do Arizona, com 1,5 milhões de acres (6 000 km²), que está rodeada pela reserva Navajo. Alguns Hopi vivem na reserva indígena do Rio Colorado, no oeste do Arizona.
Este povo continua a praticar a sua cultura tradicional, num grau mais elevado que a maioria dos outros nativos americanos. A religião dos Hopi é essencialmente pacífica e envolve o respeito por todas as coisas e seres da Natureza, de acordo com os mandamentos de Maasaw, Criador e Protetor do Mundo. Nos seus ritos religiosos, os Hopi pedem benefícios para todos os povos da Terra. Possuem uma cosmogonia que em tudo se assemelha a concepções que parecem repetir-se por todo o planeta, fato indicativo de que, de algum modo, toda a Humanidade recebeu as suas tradições de uma mesma fonte, embora as lendas e profecias tenham adquirido ao longo do tempo pequenas diferenças, insignificantes em relação ao todo e que são resultado de peculiaridades locais.
Os Hopi também acreditam na emergência e extinção cíclica dos Homens, que se renovam em raças cada vez mais evoluídas rumo a uma purificação espiritual que chegará ao termo ideal na Sétima Raça ou Sétimo Mundo (Em tudo semelhante à cultura hindu dos Vedas) . O fim do mundo segundo a tradição Hopi inclui todo aquele elenco de catástrofes descritas em outras profecias, desastres naturais inevitáveis, considerando esta tradição que o cruzamento entre as órbitas da Terra e de um astro de grandes proporções - seja planeta, asteróide ou cometa (ou uma estrela Anã Marrom, companheira de nosso Sol)  - produzirá evidentemente, grandes alterações no ecossistema terrestre. Este fim do mundo segundo os Hopi também inclui a idéia de uma punição, de um karma negativo a ser resgatado, prevendo que uma estrela azul virá coroar uma seqüência de nefastas ações perpetradas pelos homens: irá acontecer uma guerra e esta será também um confronto entre valores materiais e valores espirituais. Somente os Hopi, ou os Pacíficos, serão poupados, restarão uns poucos sobreviventes, sementes do Quinto Mundo, o próximo.
Os sinais que anunciam o grande final já estão a ocorrer há algum tempo e são igualmente parecidos com todos aqueles citados em outras profecias, a grande maioria decorrentes dos aspectos negativos do notável avanço tecnológico alcançado pela Humanidade e conseqüente falta de espiritualidade. Os Hopi, assim como outros povos, foram salvos de uma grande dilúvio no passado e estabeleceram um acordo com o Grande Espírito (O Criador) em que nunca se separariam dele. Então ele fez um conjunto de tábuas de pedra sagradas chamadas Tiponi nas quais inseriu os seus ensinamentos, profecias e avisos.
A profecia mais persistente e confirmável é uma que foi dada nos tempos antigos pelos Anciões Hopi. Esta profecia foi passada através da tradição oral e pela referência às tábuas antigas. Os anciões revelaram que haveria nove Sinais antes que surgisse o 5º Mundo. Este quinto novo (também coincide com idéia hindu encontrada nos Vedas) mundo seria um mundo de paz e de abundância - uma Nova Terra. De acordo com Pena Branca, um Hopi do antigo Clã dos Ursos, a profecia se realizaria assim:

"O Quarto Mundo terminará em breve e o Quinto Mundo começará. Os anciões sabem disto. Os Sinais no decorrer dos anos foram se realizando e assim poucos restam:”

"Este é o Primeiro Sinal: Foi-nos dito da vinda dos homens de pele branca, como Pahana, nosso perdido Irmão Branco das Estrelas. Mas estes homens não viverão como Pahana, eles serão homens que tomarão a terra que não é deles e os homens que atacarão os seus inimigos com o trovão (armas de fogo).”
"Este é o Segundo Sinal: As nossas terras verão a vinda das rodas cheias de vozes. Na sua juventude, o meu pai viu esta profecia realizar-se com os seus olhos – os homens brancos que trouxeram as suas famílias em vagões (os carroções dos colonos) pelas pradarias.”
"Este é o Terceiro Sinal: Uma estranha besta como um búfalo com grandes e longos chifres assolará a Terra em grande número. Estes Penas Brancas viram com os seus próprios olhos – a vinda do gado de longos (raça Long Horn) chifres dos homens brancos.”
"Este é o Quarto Sinal: A Terra será atravessada por cobras de aço – os caminhos-de-ferro" (as estradas de ferro e os trens).
"Este é o Quinto Sinal: A Terra será atravessada por uma rede de fios de aranhas gigantes – a energia elétrica e as linhas primeiro dos telégrafos e ágoras as telefônicas".
"Este é o Sexto Sinal: A Terra será atravessada por rios de pedra que fazem imagens – auto-estradas com miragens causadas pelo Sol".
"Este é o Sétimo Sinal: Vocês ouvirão o mar se transformar em negro e muitas coisas vivas morrerão por causa disto – derramamento de petróleo nos oceanos".
"Este é o Oitavo Sinal: Vocês verão muitos jovens da raça branca que usam cabelos longos como a nossa gente. Eles virão e se juntarão às nações tribais, para aprenderem novos modos e sabedoria – os hippies nos anos 60 e 70.”
"E este é o Nono e Último Sinal: Vocês ouvirão uma residência nos Céus, acima da Terra, que cairá com um grande estrondo. Aparecerá como uma Estrela Azul. Logo depois disto, as cerimônias do meu povo cessarão".
"Estes são os sinais que mostram que a grande destruição está a aproximar-se. O mundo balançará para lá e para cá. O homem branco lutará contra outras pessoas em outras terras, com aqueles que possuem a primeira luz da sabedoria. Haverão muitas colunas de fumo e fogo, como Pena Branca viu o homem branco fazer nos desertos, não muito longe daqui. Só os que virão causarão doença e um grande número morrerá. Muitos do meu povo entendem as profecias e estarão seguros. Esses que ficarão e que vão morar nos lugares onde mora o meu povo estarão seguros. Então haverá muito para reconstruir. E logo após Pahana (significa irmão branco desaparecido, esta lenda do Pahana parece estar intimamente relacionada com os Aztecas e a história de Quetzalcoatl, assim como outra lendas da América Central) voltará e trará com ele o amanhecer do Quinto Mundo. Ele plantará as sementes da sabedoria nos corações das pessoas. Até mesmo agora as sementes estão a ser plantadas. Isto abrirá o caminho para o aparecimento do Quinto Mundo”.
A profecia Hopi refere que o aparecimento da Estrela Azul Kachina iniciará um período de grande purificação, um período em que a Terra será purificada e limpa da negatividade, em preparação para o surgimento do 5º Mundo (“virá quando Saquasohuh - estrela azul - Kachina dançar na praça e remover a sua máscara”).

Existe uma rocha saibrosa num penhasco perto de Second Mesa, que pertence à reserva Hopi no Arizona. Neste penhasco está gravada uma imagem do nosso passado, presente e futuro. Este local é mais comumente conhecido como a rocha da profecia Hopi.


A profecia desta rocha descreve dois tipos de caminhos: o caminho daqueles que pensam preferencialmente com cabeça e o daqueles que pensam mais com o coração.

Podemos dizer que o primeiro caminho é o daqueles que usam mais o hemisfério esquerdo do cérebro, privilegiando o pensamento analítico, enquanto que o segundo caminho é o daqueles que usam mais o hemisfério direito, servindo-se mais do pensamento intuitivo. O homem moderno tem pouco equilíbrio porque vive numa sociedade em que o hemisfério esquerdo é o dominante. Atualmente damos mais ênfase ao raciocínio analítico e menos importância à intuição e aos sentimentos.
A profecia da rocha mostra um entroncamento no qual as pessoas vão ter de fazer uma escolha, ou continuam a pensar apenas com a cabeça ou decidem começar a pensar mais com o coração. Se escolherem o primeiro caminho, isso irá guiá-las à autodestruição, mas se escolherem pensar com o coração, então gradualmente regressarão ao estilo de vida natural e sobreviverão.
Mais informações veja nos Links:
KATCHINAS, OS AMIGOS DOS ÍNDIOS HOPI

Quem eram estes seres, que vinham do espaço, procriavam na Terra sem ato sexual e auxiliavam vários povos?
Por:- Andreas Faber-Kaiser - Fonte: http://www.projetovega-ufo.com.br/terra/katchinas.htm
Os índios da etnia Hopi, do Arizona, afirmam que seus antepassados foram visitados por seres que se deslocavam em naves espaciais e dominavam a arte de cortar e transportar enormes blocos de pedra, assim como de construir túneis e instalações subterrâneas. Durante a trajetória da humanidade, descobrimos que a percepção do conhecimento pode levar à sabedoria ou à perdição do buscador. Este é o olhar inerente a toda aventura humana desde o momento em que vislumbramos a possibilidade de acessar a inteligência. A ele alude, por exemplo, a lenda de Teseu e Ariadne, encenada no Labirinto de Dédalo, em Cnossos, na ilha de Creta.

O Minotauro no Labirinto, gravura em pedra preciosa do século XVI na Coleção Medici do Palácio Strozzi, em Florença[17]

A Meditação dentro do labirinto é inspirada no labirinto que Dédalo (Desenho acima)  construiu para o Minotauro. Hoje é usado para conduzir nossa mente consciente e racional a um estado alterado de consciência e assim, entrar em contato nosso Eu Superior para nos orientar em nossa jornada de volta ao infinito de onde viemos.
O esquema do dito labirinto, que se repete em desenhos parecidos em diversas culturas da Antigüidade, tal como aparece gravado em moedas cretenses antigas, é idêntico a outros dois – um encontrado em uma cruz rúnica dinamarquesa e outro que simboliza a Mãe Terra entre os índios Hopi norte-americanos. A verossimilhança dos ditos esquemas, que formam partes do simbolismo próprio de culturas tão diferentes, como estas três, são realmente assombrosa e segue sendo um grande enigma para os buscadores da verdade.

Também assombroso é o fato de a mitologia mediterrânea apresentar características muito semelhantes entre os índios Hopi. Sua tradição, ainda viva hoje em dia, vincula sua origem a contatos com seres de forma humana que dispunham de aparelhos voadores em formato de discos. Os textos clássicos latinos, assim como os anais laurencianos que davam conta da campanha de Carlos Magno, descrevem diversos avistamentos do gênero. As tradições dos Hopi são exatamente iguais, nas quais nos deteremos no momento. Eles vivem hoje em reserva confinada no estado norte-americano do Arizona. Seu povoado principal se chama Oraibi e é o mais antigo lugar ininterruptamente habitado da América do Norte. Este é o ponto pesquisado pelo engenheiro da NASA Joseph F. Blumrich, famoso por ter reconstruído o esquema da nave vista pelo profeta Ezequiel, conforme textos bíblicos. Ele vive em Laguna Beach, na Califórnia, no limite da reserva dos Hopi, e desde 1971 mantém amizade com o índio ancião White Bear [Urso Branco], que narrou a ele, pacientemente, antigas recordações de seu povo, parte da atual tradição viva.

White Bear foi um dos líderes dos Hopi, um homem sábio, membro do chamado Clã dos Coiotes e do Tribunal Tribal dos Hopi. Ele falava usando sentenças bem pensadas e somente se exprimia com certa dose de desconfiança quanto ao seu interlocutor. No tom de sua voz transparecia o ressentimento do índio norte-americano com o homem branco, que tanta dor e sofrimento causou a seu povo. Mas Blumrich conquistou sua simpatia e confiança, e, assim, o engenheiro dispõe hoje de grande acervo de informações sobre tais indígenas. “Quando eu conto nossa história, deve-se ter em mente que o tempo não é um fator de importância. Hoje em dia, o tempo surge como algo importante, que complica tudo e vira obstáculo. Mas a história do meu povo mostra como o tempo não era importante, a exemplo de como não era importante para o próprio Criador”, declarou o ancião indígena.
Kassakara e os Sete Mundos

De acordo com a tradição dos Hopi, a história da humanidade é dividida em períodos que eles chamam de mundos, os quais estariam separados por terríveis catástrofes naturais. O primeiro mundo sucumbiu pelo fogo. O segundo, pelo gelo. E o terceiro, pela água. Por conclusão, vivemos no quarto mundo. No total, segundo os indígenas, a humanidade deverá passar por sete mundos. Não sendo comprovados historicamente os dois primeiros mundos, a memória tribal dos Hopi remonta à época do terceiro, cujo nome era Kassakara. Este, na verdade, era o nome de um imenso continente (Lemúria) alegadamente situado no espaço ocupado atualmente pelo Oceano Pacífico, chamado Kasskara, ou “País do Leste”, cujos habitantes tinham a mesma origem que os de Kassakara.

Os nativos desse outro país começaram a se expandir e a conquistar novas terras, atacando Kassakara ante a oposição desta ao domínio, e o teriam feito com armas nucleares potentíssimas. Isso nos leva a comparar tal mitologia com aquelas das epopéias hindus, descritas em obras como o Ramayana,  Mahabarata e Bhagavad Gità, de milhares de anos, que se referem a armas nucleares de grande poder de destruição, usadas por tripulantes de naves celestiais chamadas de vimanas. Potentes arsenais atômicos usados na Antigüidade também remetem às deflagrações de Sodoma e Gomorra, impossíveis de se descrever e só pensáveis hoje em dia. Não se sabe como diferentes mitologias, perpetuadas por civilizações terrestres que não se conheceram, milênios atrás, são tão semelhantes e referem-se a fatos idênticos.

De qualquer forma, durante o conflito entre os nativos do outro país e os habitantes de Kassakara, aqueles que foram selecionados para sobreviver e serem salvos para o mundo seguinte foram colocados “embaixo do escudo”, na linguagem Hopi, de modo que os projéteis inimigos não os acertassem, visto terem sido escolhidos por razões superiores – os projéteis eram destruídos no ar.
Repentinamente, o País do Leste (O continente de Atlântida ficava Á LESTE DAS TERRAS DOS HOPIS) desapareceu sob as águas do oceano, por causas desconhecidas – o bíblico dilúvio? Também Kasskara começou a inundar gradativamente, forçando os Hopi a buscarem um novo habitat. Neste instante, entram em ação novos personagens desta fantástica história, os Katchinas, que ajudaram os eleitos da etnia Hopi a se transladarem para as novas terras. Este fato teria marcado o fim do terceiro mundo e o começo do que seria o quarto(o nosso mundo atual).

Estas misteriosas figuras já eram conhecidas há bastante tempo. Desde o primeiro mundo os humanos estavam em contato com os Katchinas, palavra que pode ser traduzida por “veneráveis sábios”. Eram seres visíveis, de aparência humana e que nunca foram tomados por deuses. Eram vistos somente como seres evoluídos, com conhecimento e potencial superiores aos humanos. Eram capazes de se locomover pelo ar em velocidade gigantesca ou aterrissar em qualquer lugar. Mas como eram seres corpóreos, precisavam de naves voadoras para seus deslocamentos, que, tal como nas crônicas romanas e de Carlos Magno, recebiam diversos nomes. White Bear explica que os Katchinas eram muito estimados, uma elite com a qual sua gente sempre estivera em contato. Seriam provenientes do planeta Toonaotekha, muito distante do Sistema Solar, e estariam visitando a Terra desde tempos remotos (desde a destruição de Maldek, há +/- 250 milhões de anos).
Desenho de dois tipos de Katchinas descritos pelos Hopis e que se assemelham, e muito com a descrição que os Maias da América Central fazem de Quetzalcoatl, um super homem, que como o Katchina Hopi também vinha dos céus.
Os Katchinas eram divididos em três categorias: os sábios geradores, os mestres e os guardiões da lei. Logo com a primeira das três categorias vê-se clara analogia com outras lendas míticas, pois também com os Hopi, de maneira misteriosa, os Katchinas geraram diversos homens. O ancião era perfeitamente cônscio da mística desses nascimentos e os descrevia: “Por mais estranho que possa parecer, jamais houve relações sexuais entre humanos e Katchinas, e mesmo na ausência total do ato sexual, mulheres Hopi eleitas engravidaram deles”.
O Popol Vuh, a crônica central da tradição Maia, afirma algo semelhante. Os primeiros homens foram gerados “sem pai” e eram chamados apenas de “os gerados”. Suas progenitoras os tinham como que num passe de mágica, por milagre. O Popol Vuh também diz que, entre os gerados, houve homens de grande sabedoria e inteligência. Por sua vez, White Bear, que não leu esta crônica maia, sabia pela crônica dos Hopi que os Katchinas eram “homens milagrosos, poderosos, sempre prontos a ajudar, jamais a destruir”.
Ornamentos exóticos e ritualísticos

White Bear (Urso Branco) descreveu os artefatos usados pelos Katchinas para se moverem na atmosfera terrestre: “Se uma carapaça tiver cortada sua parte inferior, e sobre ela for adicionada outra que tiver cortada sua parte superior, teremos um corpo em formato de lentilha. Este é basicamente o aspecto de um disco voador. Hoje em dia, os Katchinas já não se manifestam na Terra. Suas danças, tão conhecidas na América do Norte, são interpretadas por homens e mulheres em simbolismo aos seres que nos visitavam antigamente”. Ocasionalmente, os Katchinas podiam ter aspecto estranho e usavam artefatos interessantes, como pulseiras, colares, munhequeiras etc. Para que as crianças Hopi se acostumassem com seu visual, fabricavam peças idênticas, para que usassem em seus corpos [Notar semelhança com a etnia Xikrin, dos índios Kayapó, do Alto Xingu brasileiro, que também se ornamentam em referência a um ser espacial chamado Bep-Kororoti].

 
RECEBIDO POR E-MAIL
_______________________________________________
Noticias mailing list

domingo, 30 de janeiro de 2011

TERRA OCA



"Toda verdade passa por três estágios. Primeiro, ela é ridicularizada. Segundo, é violentamente combatida. Terceiro, é aceita como sendo auto-evidente."

Existem muitos sites na Internet, a maioria em Inglês, que abordam o fato (ou teoria, para aqueles que ainda não estão convencidos), de que a Terra é oca. Contudo, nenhum deles se propõe a explicar cientificamente o assunto e se limitam à análise de relatos e lendas, principalmente as que se referem a civilizações perdidas. Não que esse procedimento não seja importante ou condenável, mas ele deveria ser utilizado como complemento das outras evidências, tendo em vista que nós vivemos em um mundo materialista onde as pessoas só acreditam no que podem ver ou tocar ou em algo que foi testado em um laboratório.

Então, sem mais demora, aqui estão os fatos que comprovam que a Terra, a Lua e provavelmente todos os outros planetas, são ocos.

COMPOSIÇÃO DA TERRA

Figura 1: a Terra vista em corte.

A Terra possui um "Sol" interno, três pontos onde a gravidade é zero e duas enormes aberturas nos pólos que interligam a superfície interna e externa.

A explicação para esses fenômenos é relativamente simples de se entender: o movimento de rotação do planeta arremessa a sua massa para longe do centro, da mesma forma que o giro de uma máquina de lavar arremessa as roupas para os lados deixando o seu centro oco.

Uma comparação melhor é a de um motociclista em um "globo da morte": a rotação impede que ele caia mesmo quando está de cabeça para baixo. A única diferença é que no globo da morte o motociclista é quem está girando e não o globo.

Quando a Terra estava sendo formada, e os seus componentes estavam em estado líquido, os materiais mais pesados foram se concentrando no centro, enquanto que a rotação manteve os materiais mais leves distantes do mesmo. A medida em que o planeta foi se solidificando, criou-se um perfeito equilíbrio entre o movimento de rotação e a gravidade.


OS TRÊS PONTOS DE GRAVIDADE ZERO

Ao contrário do que se acredita, a Terra não possui apenas um ponto onde a gravidade é zero, mas sim três: o oficial, que fica no centro do planeta; o que localiza-se a aproximadamente 640 Km abaixo da superfície; e o que localiza-se a aproximadamente 2.000 Km (veja a figura 6). Isso se deve ao fato de que a enorme velocidade de rotação da Terra, que no equador é de 465 m/s (veja a figura abaixo), atua na direção oposta da atração gravitacional, algo que a maioria dos cientistas têm simplesmente ignorado até hoje.


Figura 2: o movimento de rotação da Terra.
Quanto mais perto do eixo, menor é a velocidade.


NOTA: na verdade não existe nenhum ponto de gravidade zero na Terra. Não importa onde você esteja, sempre estará sofrendo o efeito da distorção espaço-temporal provocada pela massa do planeta, distorção esta que erradamente chamamos de força. Há sim um equilíbrio entre o movimento de rotação e a "atração" gravitacional nos pontos a 640 e a 2.000 Km de profundidade. E no caso do ponto central onde a rotação é zero, apenas o equilíbrio gravitacional.


AS ABERTURAS POLARES


Figuras 3 e 4 mostrando uma das enormes aberturas existentes nos pólos. Clique aqui para ver uma ampliação.

As aberturas nos pólos se devem ao fato de a velocidade de rotação nesses locais ser muito baixa. Sem rotação, a ação da gravidade é muito mais forte e, dessa forma, qualquer massa colocada nesses pontos seria atraída para baixo e para os lados (veja a figura 1). À latitude de 70º a Terra começa a se curvar para formar as enormes aberturas polares que medem aproximadamente 2.000 Km. Se houvesse apenas a rotação da Terra em torno do seu eixo, as aberturas se localizariam à 90º, exatamente nos pólos geográficos. Contudo, outros movimentos de rotação, como o da elipse em torno do Sol, fizeram com que elas se formassem 20º mais distante. É por isso que os pólos geográficos e magnéticos não coincidem. Quando exploradores que estão buscando o pólo Norte ou o pólo Sul chegam à latitude de 70º e a bússola deles aponta pra baixo, ele pensam que estão no pólo magnético, mas não estão. Na verdade, as bússolas estão sob o efeito do anel magnético que cerca as entradas polares, veja a figura abaixo.

Figura 5: localização dos pólos magnéticos e, conseqüentemente, das aberturas polares.

A curvatura da terra é muito mais acentuada nas entradas polares. Mas, apesar disso, não é perceptível para quem estiver caminhando ou mesmo sobrevoando sobre ela devido à sua enorme extensão.


AS SUPERFÍCIES INTERNA E EXTERNA

Figura 6: esquema da Terra mostrando a localização aproximada dos três pontos de "gravidade zero", do Sol interno e das aberturas polares. Observe como a gravidade nos pólos se "inverte" em um curto espaço se comparado com outros lugares. Clique aqui para ver uma animação.

Outro aspecto surpreendente do fato de a Terra ser oca é que ela possui duas superfícies (ou três se considerarmos a do Sol interno): a interna e a externa (veja a figura acima), que são interligadas pelas aberturas polares. Ambas com atmosfera, oceanos, continentes, florestas, rios, lagos, uma fonte direta de luz e calor (direta porque a luz, o calor e outras emanações vindas da estrela que chamamos de Sol influenciam a superfície interna e vice-versa), enfim, com todo um ecossistema próprio. Apesar de serem interligadas e semelhantes até certo ponto, possuem diferenças marcantes como:

"Atração" gravitacional menor na superfície interna - o que, entre outras coisas, permite um crescimento maior das plantas e dos animais;

Posição do Sol interno sempre as doze horas - o que significa que não há noite no intra-mundo;

Estágio evolucionário mais avançado na superfície interna - isso se deve, além de outras razões, ao fato do intra-mundo estar mais protegido contra eventos cataclísmicos (como a queda de um grande meteoro por exemplo) do que o mundo externo. Estando mais protegido, o ecossistema interno evoluiu um pouco mais lentamente, porém, de forma contínua. É o popular devagar e sempre. Quando a superfície externa estava passando por um dos muitos eventos que provocavam grande extinções, parte do seu ecossistema migrava para a superfície interna e era forçado a se adaptar para sobreviver (essa migração era muito mais fácil antes do congelamento dos pólos, época em que havia uma maior integração entre as superfícies). No final das contas, o intra-mundo sempre ficava com o melhor das duas superfícies e, após a cessação desses grandes eventos, ajudava a repovoar a nossa superfície. Isso contribuiu ainda mais para aumentar a diferença entre os dois mundos.

Agora, parece ser bastante lógico propor a existência de uma civilização mais avançada no interior do planeta, tanto tecnologicamente quanto espiritualmente, já que um ecossistema tão harmonioso estimularia a convivência pacífica.

NOTA: se você acha que as condições ambientais não influenciam o comportamento, então experimente mudar-se de uma região de clima frio para uma de clima quente ou vice-versa. pesquisas demonstram que países de clima frio são menos violentos mas também são menos criativos. O ideal é o equilíbrio do frio com o calor, equilíbrio esse que existe no mundo interno entre a constante irradiação de energia do seu "Sol" e a enorme evaporação gerada por essa energia.

O "SOL" INTERNO

O nome pode não ser apropriado do ponto de vista astronômico, mas é bastante apropriado do ponto de vista funcional, já que ele sustenta todo o ecossistema interno fornecendo luz e calor. E como "os mundos" interno e externo estão ligados, ele também desempenha um papel fundamental no equilíbrio do ecossistema de todo o planeta. Estima-se que ele possua 1/3 da massa total do planeta. É formado pelos materiais mais pesados e é extremamente denso, já que a força de expulsão provocada pela rotação é praticamente desprezível se comparada com a sua enorme "atração" gravitacional. O Sol interno é tão denso que apenas a sua superfície é líquida, todo o resto é sólido, apesar das enormes temperaturas em seu interior.


ALGUMAS PERGUNTAS PARA OS DEFENSORES DA VERSÃO ATUAL

Porque os Icebergs são feitos de água fresca quando, de acordo com a versão convencional, a única água disponível nos pólos é salgada?

De onde vem toda a vegetação que é encontrada dentro desses Icebergs?

Porque exploradores que se aventuraram além dos pólos magnéticos descobriram que o clima fica mais quente e que os mares ficam livres de gelo?

Porque alguns pássaros e animais da região polar, como o boi almiscarado, migram para o Norte no inverno?

A teoria científica convencional não pode responder à essas perguntas, mas a teoria da Terra Oca pode. Existem rios de água fresca que fluem pra fora do intra-mundo e essa água morna carregando vegetação e pólen congela, formando os Icebergs de água fresca em uma área onde aparentemente só existe água salgada.


CONCLUSÃO

Uma pergunta que eu tenho ouvido frequentemente é porque se a Terra é oca os nossos altamente inteligentes cientistas ainda não sabem disso. Eu posso responder a isso com um ditado: o pior cego é aquele que não quer ver. Muitos séculos se passaram desde a apresentação da teoria de que a Terra é redonda e não chata e, ainda assim, parece que nada mudou. A humanidade volta a cometer os mesmos erros exatamente por não ter aprendido nada com os anteriores. Ontem foi a teoria da Terra redonda, hoje a da Terra oca e amanhã?

Ao invés de ser imparcial, a comunidade "científica" ridiculariza toda e qualquer idéia que seja divergente da sua versão oficial e acusa de falta de seriedade ou de métodos científicos quem promove essas idéias. Os cientistas se acham os donos da verdade. Fechados em seus clubinhos, agem como verdadeiros ditadores do conhecimento. Ao invés de homo sapiens sapiens (homem que sabe que sabe), eles deveriam mudar o nome da sua "espécie" para homo não sapiens não sapiens (homem que não sabe que não sabe).

Aqui está o meu recado para aqueles que ainda acreditam que os nossos grandes cientistas estão corretos ao afirmar que a Terra não é oca:

Da mesma forma que eles estavam errados antes, eles estão agora.


Jackson Macêdo
http://www.umanovaera.com/

Fonte: http://minhamestria.blogspot.com/2010/08/terra-oca.html 


MATÉRIAS RELACIONADAS:

ATENÇÃO, VEJAM ATRAVÉS DOS LINKS ABAIXO OUTRAS MATÉRIAS QUE PUBLICAMOS NESTE BLOG RELACIONADAS A TERRA OCA E INTRATERRENOS:




- Kryon: A Conexão Lemuriana

O DIÁRIO SECRETO DO ALMIRANTE BYRD: O VÔO À TERRA ALÉM DO POLO SUL





O VÔO À TERRA ALÉM DO POLO SUL

Embora eu não possa assegurar a veracidade deste documento, como fonte de pesquisa acho interessante. O leitor da documentação que se segue achará um exemplo notável de séria devoção, especialmente se for considerado que este diário de vôo foi escrito no ano de 1947, nos meses de fevereiro e março, sob circunstâncias que, evidentemente, desafiavam a imaginação e a credibilidade dos daquele tempo. Aqui é tratada com respostas, a origem dos chamados OVNIS, bem como a teoria da Terra Oca ou, como o Almirante a descreveu: "A Terra Além Dos Pólos".

O leitor reviverá aquele período quando ler este documento. Dizer que é fascinante é pouco, mas, ao lê-lo, sei que concluirá, usando as próprias palavras do Almirante, "No momento que acaba a longa noite do Ártico, o sol brilhante da verdade nascerá outra vez, e aqueles que forem da Obscuridade encontrarão a Luz".

VÔO EXPLORATÓRIO SOBRE O POLO SUL

Devo escrever este diário em segredo e na obscuridade. Ele diz respeito ao meu vôo sobre a Antartica, no dia dezenove de fevereiro, no ano de Mil Novecentos e Quarenta e Sete.
Está chegando um tempo em que o racionalismo dos homens deve desaparecer na sua insignificância e deverá ser aceita a inevitabilidade da Verdade! Não tenho liberdade para revelar a documentação que estou escrevendo... talvez ela nunca venha à luz da apreciação pública, mas eu devo cumprir meu dever de escrever para que todos leiam, um dia.. Num mundo de ganância e exploração, a humanidade não pode ignorar a verdade.

DIÁRIO SECRETO DO ALMIRANTE BYRD
BASE CAMPO ANTATICA, 19/2/1947

06h - Completamos os preparativos para nosso vôo para o sul e estamos voando com os tanques cheios, ás 06:10.

06:20 - A mistura no motor de estibordo parecia estar muito rica, foram feitos os ajustes e os Pratt Whittneys estão funcionando suavemente.

07h - Radio check com o campo da base. Tudo está bem e a recepção via rádio é normal.

07:40 - Observado um pequeno vazamento de óleo no motor de estibordo, mas o indicador da pressão parece normal.

08h - Pequena turbulência vinda de leste numa altitude de 2321 pés; corrigido para 1700 pés; a turbulência acabou, mas aumenta o vento de popa; feito pequeno ajuste nos controles do acelerador e o avião está com desempenho muito bom.

08:15 - Radio check com o campo da base, situação normal.

08:30 - Nova turbulência; altitude aumentada para 2900 pés; vôo tranquilo novamente.

09:10 - Vastidão de gelo e neve abaixo, notando uma coloração amarelada; exame desse padrão de cor abaixo; notando também coloração avermelhada ou púrpura. Circulando esta área com duas voltas completas e voltando ao curso traçado. Checagem de posição novamente com a base do campo e transmitindo informação sobre as colorações no gelo e na neve abaixo.

09:10 - Bússola e giroscópio começando a girar e oscilar; estamos incapazes de manter nosso rumo pelos instrumentos. Orientando-nos pelo Sol, mas tudo ainda parece bem. Os controles parecem lentos em responder mas não há indicação de congelamento.

09:15 - Parece haver montanhas a distância.

09:49 - Já se passaram 29 minutos da primeira visão das montanhas; não é uma ilusão. São montanhas consistindo de uma pequena cadeia que nunca vi antes!

09:55 - Mudança de altitude para 2950 pés, encontrando forte turbulência outra vez.

10h - Estamos atravessando a pequena cadeia de montanhas e ainda indo para o sul da melhor maneira possível. Além da cadeia de montanhas está o que parece ser um vale com um pequeno rio correndo pelo meio. Não deveria haver um vale verde abaixo! Definitivamente, alguma coisa está errada e anormal aqui! Deveríamos estar sobre gelo e neve! Há grandes florestas nas encostas das montanhas. Nossos instrumentos de navegação ainda estão girando e o giroscópio está oscilando para trás e para a frente.

10:05 - Altero a altitude para 1400 pés e executo uma volta fechada para a esquerda, para examinar melhor o vale abaixo. É verde com musgo ou uma espécie de relva muito fechada. A luz aqui parece diferente. Já não vejo o Sol. Fizemos outra curva para a esquerda e vemos o que parece ser um grande animal abaixo de nós. Parece um elefante! Não! Parece mais um mamute! É inacreditável! Ainda assim, lá está ele! Diminuindo a altitude para 1000 pés e pegando binóculos para examinar melhor o animal. Confirmado - definitivamente é um animal semelhante a um mamute! Relatamos isso para a base.

10:30 - Encontrando mais colinas verdes ondulantes. O indicador de temperatura externa marca 74 graus Fahrenheit. Continuando agora o nosso curso. Os instrumentos de navegação agora parecem normais. Estou intrigado com seu desempenho. Tentativa de contatar a base. O rádio não está funcionando!

11:30 - O campo abaixo está mais plano e normal (se é que posso usar essa palavra). Adiante vemos o que parece ser uma cidade!! Isso é impossível! O avião parece leve ou estranhamente flutuante. Os controles se recusam a responder!! Meu DEUS!!! Ao lado de nossa asas, direita e esquerda, estão aeronaves de um tipo estranho. Estão se aproximando rapidamente! São em forma de discos e irradiam luz. Estão agora suficientemente perto para ver suas insígnias. São uma espécie de Swastika! Isso é fantástico. Onde estamos? O que aconteceu? Puxo os controles outra vez. Não respondem!!! Fomos apanhados por uma garra de algum tipo.

11:35 - Nosso rádio estala e uma voz fala em Inglês com o que talvez seja um ligeiro sotaque nórdico ou alemão! A mensagem é: "Bem vindo, Almirante, está em boas mãos". Reparo que os motores de nosso avião pararam. O aparelho está sob algum controle estranho e está virando. Os controles são inúteis.

11:40 - Recebida outra mensagem pelo rádio. Começamos a aterrissagem agora e, em momentos o avião treme ligeiramente, e começa a descer, como se houvesse sido apanhado num enorme elevador invisível! O movimento para baixo é mínimo e tocamos o chão apenas com leve salto!

11.45 - Estou fazendo uma última anotação apressada no diário de vôo. Uma porção de homens se aproxima a pé de nossa aeronave. São altos com cabelo louro. À distância, pode-se ver uma grande cidade, reluzente, pulsando com matizes do arco-íris. Não sei o que nos acontecerá agora, mas não vejo sinais de armas nos que se aproximam. Ouço agora uma voz ordenando-me para abrir a porta. Eu obedeço.



FIM DO DIÁRIO

Deste ponto em diante, narro todos os acontecimentos seguintes, de memória. Desafia a imaginação e pareceria loucura, se não houvesse acontecido.

O radiotelegrafista e eu fomos tirados do aparelho e recebidos de modo muito cordial. Fomos depois embarcados num transporte em forma de plataforma, sem rodas! Levou-nos à cidade resplandecente com grande rapidez. Quando nos aproximamos, a cidade pareceu-nos feita de um material cristalino. Logo chegamos a um grande edifício, de um estilo que eu nunca havia visto. Parecia ter saído da prancheta de Frank Lloyd Wright, ou talvez, mais corretamente, de um cenário de Buck Rogers!! Deram-nos uma espécie de bebida quente, cujo gosto não se parecia com qualquer coisa que eu já tenha experimentado. Era deliciosa. Cerca de dez minutos depois, dois de nossos anfitriões vieram aos nossos aposentos, dizendo que eu os devia acompanhar. Não tive escolha e obedeci. Deixei o radiotelegrafista e nós andamos uma distância curta, entrando no que parecia um elevador. Descemos por alguns momentos, a máquina parou e as portas se levantaram silenciosamente! Andamos, então por um longo corredor iluminado por luz rósea que pareciam emanar das próprias paredes Um dos seres acenou para que parássemos em frente a uma grande porta. Acima dela havia uma inscrição que eu não soube ler. A porta deslizou silenciosamente e eu fui convidado a entrar.. Um dos meus anfitriões falou: "Não tenha receio, Almirante, o senhor terá uma entrevista com o Mestre...".

Eu entrei e meus olhos se acomodaram à bela coloração que parecia estar enchendo completamente o aposento. Então comecei a ver o lugar onde estava. O que acolheu meus olhos foi a visão mais bonita que já tive em minha vida. Era realmente bela e maravilhosa demais para ser descrita. Era exótica e delicada. Não acho que exista uma palavra humana que possa descrever qualquer detalhe com justiça. Meus pensamentos foram interrompidos de um modo cordial por uma voz quente e rica, de timbre melodioso, "Eu lhe dou as boas vindas ao nosso território, Almirante." .

Vi um homem de feições delicadas, com as marcas dos anos no rosto. Estava sentado em uma longa mesa. Convidou-me a sentar numa das cadeiras. Depois que me sentei, ele juntou as pontas dos dedos e sorriu, jovialmente falou com suavidade e disse o seguinte:

"Nós o deixamos entrar porque tem um nobre caráter e é famoso na Superfície da Terra, Almirante".

Superfície da Terra, eu disse a mim mesmo!

"Sim" o Mestre responde, "o senhor está no território dos Arianni, o Mundo Interior da Terra. Não prolongaremos sua Missão, e o senhor será escoltado com segurança para a superfície a até uma distância além. Mas agora, Almirante, eu lhe direi porque foi trazido aqui. Nosso interesse começou justamente depois que sua raça explodiu as primeiras bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki, Japão. Foi nesse tempo de alarmante que mandamos nossas máquinas voadoras, os "Flugelrads", ao seu mundo na superfície para investigar o que sua raça havia feito. É claro que isso agora é passado, meu caro Almirante, mas eu devo continuar. Como vê, nunca interferimos antes em suas guerras e com seu barbarismo, mas agora somos obrigados, pois seu mundo aprendeu a forçar o uso de certos poderes que não são para os homens, principalmente o da energia atômica. Nossos emissários já entregaram mensagens aos governos de seu mundo e até agora eles não atenderam. Agora, o senhor foi escolhido para testemunhar que nosso mundo existe. Como vê, nossa Ciência e Cultura estão muitos milhares de anos à frente de sua raça, Almirante."

Eu interrompi, "Mas o que isto tem a ver comigo, Senhor?"

Os olhos do Mestre pareceram penetrar profundamente na minha mente, e, depois de me estudar por alguns momentos, ele respondeu, "Sua raça alcançou o ponto sem volta, pois há aqueles dentre vós que prefeririam destruir o próprio mundo a abdicar de seus poderes, tal como os conhecem..."

Eu concordei com a cabeça e o Mestre continuou, "Em 1945 e depois, tentamos contatar sua raça, mas nossos esforços foram recebidos com hostilidade, nossos Flugelrads foram alvejados. Sim, até perseguidos com maldade e animosidade pelos aviões de combate. Portanto agora eu lhe digo, meu filho, há uma grande tempestade se formando em seu mundo, uma fúria negra que não será extinta por muitos anos. Não haverá resposta em seus exércitos nem segurança em sua ciência. Ela poderá rugir até que cada flor de sua cultura esteja esmagada, e todas as coisas humanas niveladas num vasto caos. A última guerra foi apenas um prelúdio do que ainda está para vir para sua raça. Aqui nós vemos isso mais claramente a cada hora que passa... pode dizer que eu estou errado?"

"Não", respondi, "já aconteceu antes, em que a idade negra chegou e durou mais de quinhentos anos".

"Sim, meu filho," o Mestre respondeu, "a idade negra que virá para sua raça cobrirá a Terra como uma mortalha, mas eu acredito que alguns da sua raça viverão através da tempestade, e além disso, nada mais posso dizer. Vemos, a grande distância, um NOVO mundo saindo das ruínas de sua raça, procurando seus tesouros legendários e perdidos, e eles ficarão aqui, meu filho, a salvo sob nossa proteção. Quando o tempo chegar, iremos novamente para ajudar a reviver sua cultura e sua raça. Talvez, então, vocês tenham aprendido a futilidade da guerra e de sua disputa e depois desse tempo, alguma parte de sua cultura e ciência lhes será devolvida, para recomeçar. Você, meu filho, deve voltar à Face da Terra com essa mensagem.. "

Com essas palavras finais, nosso encontro terminou. Fiquei por um momento como num sonho.. mas ainda assim eu sabia que era realidade, e, por alguma estranha razão, inclinei-me ligeiramente, por respeito ou por humildade, não sei qual.

De repente, fiquei novamente consciente de que os dois belos anfitriões que me haviam trazido aqui estavam ao meu lado. "Por aqui, Almirante", disse um. Virei-me mais uma vez antes de sair e olhei para trás, para o Mestre. Um sorriso gentil esboçou-se em seu rosto delicado e idoso.

"Adeus, meu filho" ele falou, e acenou um gesto de paz com a delgada mão, e nosso encontro verdadeiramente terminou.

Rapidamente passamos pela grande porta dos aposentos do Mestre e, mais uma vez, entramos no elevador. A porta, silenciosamente, abaixou e tornamos a subir. Um dos meus acompanhantes falou. "Agora precisamos apressar-nos, pois o Mestre não deseja mais atrasos em seu horário programado e o senhor deve retornar com sua mensagem para sua raça".

Eu nada disse. Tudo isso era quase inacreditável, e mais uma vez, meus pensamentos foram interrompidos quando paramos. Entrei no quarto e estava outra vez com meu radiotelegrafista. "Está tudo bem, Howie, está tudo bem."

Os dois seres nos levaram até o transporte que esperava, subimos, e logo chegamos ao avião. Os motores estavam ligados e embarcamos imediatamente. Toda a atmosfera parecia agora carregada com um certo ar de urgência. Depois que a porta foi fechada, o aparelho foi imediatamente levantado por aquela força invisível até atingirmos uma altitude de 2700 pés.

Duas das aeronaves foram ao nosso lado, guiando-nos de volta à nossa rota. Devo declarar aqui que o indicador de velocidade nada registrava, mas estávamos voando a uma grande velocidade.

02:15 - Veio uma mensagem pelo rádio. "Nós o estamos deixando agora, Almirante, seus controles estão livres. Adeus!!" Olhamos por um momento, enquanto os Flugelrads desapareciam no céu azul.

O avião, de repente, caiu como se houvesse sido apanhado num vácuo. Rapidamente recuperamos o controle. Não falamos por algum tempo. Cada um tinha seus pensamentos...

O DIÁRIO DE VÔO CONTINUA

02:20 - Estamos novamente sobre vastas áreas de gelo e neve, a aproximadamente 27 minutos da base. Falamos com eles pelo rádio e eles respondem. Declaramos todas as condições normais... normais... A base expressa alívio com o restabelecimento de nosso contato.

03h - Aterrissamos suavemente na base. Eu tenho uma missão...



FIM DO DIÁRIO

1 de março de 1947. Acabo de participar de urna reunião no Pentágono. Relatei integralmente o que descobri e a mensagem do Mestre, Tudo foi devidamente gravado. O Presidente foi avisado.

Fui detido por várias horas (seis horas e trinta e nove minutos, para ser exato). Fui exaustivamente interrogado pelas Forças de Segurança Máxima e por uma equipe médica. Foi uma grande provação!!! Fui colocado sob estrita vigilância pelo Serviço de Segurança dos Estados Unidos da América. E ORDENARAM-ME QUE PERMANECESSE EM SILÊNCIO QUANTO A TUDO QUE DESCOBRI, PELO BEM DA HUMANIDADE!!! Inacreditável, e me lembraram de que sou um militar e de que devo obedecer ordens.

30/2/56: ÚLTIMA ANOTAÇÃO

Os últimos anos que passaram desde 1947 não foram bons... Faço agora minha última anotação neste diário singular. Terminando, devo declarar que, fielmente, mantive este assunto em segredo, conforme ordenado, por todos estes anos. Foi completamente contra meus princípios morais. Agora, parece-me pressentir a chegada da longa noite e esse segredo não morrerá comigo, mas, como deve ser com tudo que é verdade, deverá triunfar.

Ele pode ser a única esperança para a espécie humana. Eu vi a verdade e ela vivificou meu espírito e me libertou . Cumpri com meu dever para com o monstruoso complexo militar. Agora, a longa noite começa a aparecer, mas não haverá fim. Quando a longa noite da Antartica terminar, o Sol brilhante da Verdade voltará... e os que forem da escuridão cairão com a sua Luz... POIS EU VI AQUELA TERRA ALÉM DO POLO, AQUELE CENTRO DO GRANDE DESCONHECIDO.





TERRA OCA / ALM. BYRD: A NÃO CONTADA GUERRA COM UFOS NA ANTARTIDA

por Serge Salter
em 04/06/2007

Obrigado por assistir meu vídeo de investigação. Eu acredito que ele merece se tornar um filme de longa-formato. Levei mais de 200 horas para recolher e estudar os materiais. Os materiais não são as imagens que você vê - elas são dados para fins de ilustração apenas - mas os pedaços de história em si. Eles estão todos em aberto, de acordo com cada uma das fontes acessíveis ao público. No entanto, para que possa lê-los, você tem que falar pelo menos algumas línguas. Como se nesse meio tempo, fosse montando um quebra-cabeças. Só depois que eu coloquei os fatos em conjunto, que eu pude perceber o quão fascinante eles são. Estes acontecimentos tiveram lugar há 60 anos, mas eles ainda são capazes de roubar o show. Esta história nos dá as respostas para grandes mistérios do nosso tempo... a verdadeira origem dos UFOs alienígenas ... são realmente estrangeiros aqui? ... Existe um verdadeiro paraíso dentro deste planeta? .. Terra Geofísica é o mesmo que nos foi ensinado na escola? .. Este é um alimento para o seu pensamento. Mantenha sua mente aberta. Para os pensadores sérios e apenas para quem conhece, a verdade está lá fora ... Este filme é composto por 3 episódios. Além destes três, você pode ver os meus outros dois vídeos.
Últimas Notícias sobre Terra Oca na minha web-site:

http://holywoodmaker.googlepages.com/hollowearthgeophysics









MATÉRIAS RELACIONADAS:

ATENÇÃO, VEJAM ATRAVÉS DOS LINKS ABAIXO OUTRAS MATÉRIAS QUE PUBLICAMOS NESTE BLOG RELACIONADAS A TERRA OCA E INTRATERRENOS:




- Kryon: A Conexão Lemuriana

Sistemas habitados próximos - ALDEBARAN



Por Rodrigo Romo

(Homara 21; Zanor 9; Campuis 4; Harama 8).
Localizada na Constelação do Touro, nas proximidades de Orion. Tem limites com as constelações de CETUS, ARIES, PERSEUS, AURIGA, GEMINI, ORION e ERIDANUS.
Alem de Aldebaran a outra visível para nós é a ELNATH. A raça predominante desse setor é a adâmica ariana, ou seja, os loiros de mais de 2 metros de altura.
A raça humana residente nos principais mundos de Aldebaran, são na verdade herdeiros de LIRA, que foi o primeiro sistema da Via Láctea a inserir registros adâmicos em 3D. Aldebaran seguiu esse linha depois de Canopus, Sirius, e desse ponto também partiram expedições que com o tempo, iriam a influenciar muito as colônias secretas de Plêiades, que ficam nas proximidades.
A raça nórdica da TERRA tem profunda ligação colonial com os seres de Aldebaran e de Lira. Os deuses Thor, ODIM, as Valkirias e outras lendas estão baseados no envolvimento direto desses seres de Aldebaran. Nas pesquisas históricas o próprio Adolf Hitler, teria buscado registros via mediunidade sobre esses resquícios ou lendas.
Os humanos de Aldebaran de Touro, tem muitas relações com os humanos de Plêiades do sistema central próximo a estrela de Alcyone, e fazem parte da mesma congregação e federação estelar, sustentando ajuda mutua entre eles, sendo que os filhos de Aldebaran sustentam o arquétipo guerreiro muito desenvolvido.
Atualmente a raça humana de Aldebaran tem desenvolvido muitas tarefas de resgate e ajuda aos povos nórdicos, tanto no aspecto espiritual, como tecnológico. São uma raça profundamente envolvida com o desenvolvimento tecnológico e com grande influencia dentro da política estelar da Federação Intergaláctica e outros grupos ligados as colônias estelares.
Atualmente confederados, estão buscando gerar um equilíbrio no desenvolvimento dos canais e dos missionários encarnados na TERRA, sendo que eles tem na atualidade (2007) cerca de 12 mil seres encarnados no hemisfério norte, nas regiões relativas a raça nórdica e anglo saxônica , para resgatar muitos registros temporais das guerras e do envolvimento de seus guerreiros e pesquisadores na manipulação dos eventos na TERRA e na política da humanidade.
Esses seres são guerreiros por natureza, devido aos problemas que tiveram com Rigel e as invasões reptilianas e draconianas em seu sistema. Assim existem muitas questões ligadas a ilha estelar ou orbital ASGARD que tem relação com uma nave mãe que esteve envolvida com a manipulação genética de humanos arianos nos últimos 200 mil anos da contagem terrestre.
Eles tiveram muitos problemas com seus discípulos de plêiades e com isso na memória celular, os humanos da Terra lutaram muitas vezes contra seus primos herdeiros das colônias pleiadianas, no caso a etnia Semita ou Hebraica. Aqui se fundamentam alguns dos motivos pelos quais houveram muitas perseguições contra a raça semita dentro dos registros históricos. Pois no passado elas se desentenderam dentro da política adotada pelos lideres desses 2 impérios estelares, ambos envolvidos e membros da Federação Estelar de Planetas Unidos, mas ambos com muitas colônias de pesquisa sendo manipuladas e gerando situações que não podiam ser expostas pelas leis da federação.
Atualmente os seres de Aldebaran, estão trabalhando em conjunto com muitos outros grupos, buscando remover seus filhos perdidos através dos portais e do despertar. Existe aqui inclusive uma parceria com os grupos de Acturus e de Sirius, para apaziguar antigas diferenças e juntos poderem sustentar um projeto de resgate de almas. Dentro dos registros o sistema de Aldebaran perdeu no ciclo encarnacional da TERRA 4,8 milhões de filhos que iniciaram ciclos encarnacionais nos últimos 200 mil anos e ainda não conseguiram retornar a Asgard e as outras bases deles.
Essa nave mãe é de proporções estelares, com mais de 250 quilômetros de diâmetro, sustentando um comando bem numeroso de servidores da luz e de realidades paralelas com pessoas encarnadas neste momento na TERRA. Comandante Erzog, Braunkhelf, Vontherman, Gauchmann, Zuryanth, são alguns dos que podem ser contatados dentro deste tipo de exercício de comunicação com essas esferas. Na medida que o vosso coração faça essa solicitação, você tem relações e contratos a serem avaliados com esse grupo.

Fonte: http://navecomando.blogspot.com/2011/01/sistemas-habitados-proximos-aldebaran.html

domingo, 23 de janeiro de 2011

EXTRATERRESTRES: A VERDADE



Vivemos numa época única, sobre a qual muito será falado nos tempos vindouros. Eventos estão em curso, quase que atuando desenfreadamente, com ou sem nosso conhecimento. E agora, por este motivo, se faz necessário começarmos a deixar para trás premissas culturais limitantes e adentrarmos direito no campo do conhecimento universal, não apenas do conhecimento local, o qual é manipulado por interesses maiores e de intenções permissivas, em sua maioria.

O assunto de que tratarei neste post é por demais delicado e considerado nocivo para muitas pessoas. Isso por que a maioria não tem bagagem para entendê-lo e assimilá-lo de maneira adequada, uma vez que ele entra em conflito com grande parte dos costumes culturais, dogmas religiosos, convicções filosóficas e ensinamentos acadêmicos. Mas todo o conhecimento verdadeiro de nossa origem, nossa atual realidade e nossos possíveis futuros, passam por tal assunto e não se alimentam sendo alheios a ele. É como o nosso fogo e o oxigênio, sem este, aquele não consegue se manter vivo.
Sim, querido leitor, falaremos sobre extraterrestres, ou numa conotação mais justa: cidadãos cósmicos. E espero que caso este assunto ainda não seja completamente viável para seu atual nível de entendimento dos fatos desta realidade passageira e daquela eterna, você se mantenha firme na leitura destas linhas, pois sem este entendimento, nada fará sentido para as novas verdades que estamos próximos de alcançar. Por essa razão, começarei de uma forma mais básica e lenta (para aqueles que ainda não estão familiarizados com o tema) para então, ao longo destas linhas, irmos direto à parte relevante e que realmente importa.

Extraterrestres Existem?

Primeiramente, precisamos nos colocar no nosso devido lugar. A arrogância da humanidade sempre foi um empecilho para a Ciência e para a descoberta de novas realidades. Somos tão seguros em nossa vaidade, que mal conseguimos ver um palmo à frente do nariz, todavia atestando com toda a fé que não existe nada além deste palmo. Pois bem, a novidade (não tão nova) é que o palmo na frente do nariz é tão ínfimo quanto as mentes de quem o suporta.
O planeta Terra tem cerca de 7 bilhões de habitantes; nosso sistema local tem uma estrela (nosso sol) e alguns planetas e planetóides o circulando; nossa galáxia, a Via Láctea, tem mais de 200 bilhões de estrelas; o universo atualmente visível tem mais de 200 bilhões de galáxias. Na proporção de nosso sistema solar, o ser humano é como um grão de areia; se falarmos de galáxia, o ser humano é um átomo; que dirá se falarmos de todo o universo? A ciência ainda não consegue ver uma partícula que possa ilustrar a cretinice humana em relação ao universo. Percebe nosso tamanho? Pois mesmo assim, ainda achamos que sabemos tudo, temos todas as respostas e somos os mais avançados. O tamanho da queda é relativo ao tamanho da arrogância. E isso poderá ser visto em breve.

Pois bem, é inaceitável acreditar que apenas nosso planeta contenha vida. É irracional a ideia de que não há vida inteligente fora da Terra. E aqueles que levantam essa bandeira são de uma tolice que desafia a lógica. Mesmo sem a necessidade de comprovações científicas, usando apenas a lógica e razão, podemos atestar que as civilizações inteligentes não só existem fora do nosso planeta, como são prolíferas por todo o cosmos. Algumas muito mais avançadas, outras ainda no florescer. Todavia, ao passo que a humanidade é comprovadamente nova na amplitude temporal do universo, é mais provável que haja muito mais civilizações tecnológica e espiritualmente avançadas do que atrasadas.

Somos Visitados?


A ciência estima que o planeta Terra formou-se há 4,54 bilhões de anos, sendo que o Universo é estimado ter entre 13,5 a 14 bilhões de anos. Pois bem, estima-se que o Homo Sapiens tenha surgido “incompleto” há cerca de 500 mil anos, tendo chegado ao desenvolvimento anatômico há cerca de 50 mil anos. Se usarmos a alegoria de que a idade do nosso planeta corresponde ao calendário anual, seria o mesmo que dizer que o homem moderno surgiu no último segundo do dia 31 de Dezembro. Ou seja, acabamos de chegar! E somos as crianças mimadas e rebeldes que acham que sabem e podem tudo.

Imaginemos então uma civilização com mais de 500 mil, 700 mil, 1 milhão de anos! Agora tente imaginar uma civilização, ou raça, que chegue na casa do bilhão! Entende o quão ínfimo pode ser o nosso entendimento sobre o universo e a vida contida nele? Qualquer civilização 10 mil anos mais avançada que a nossa poderia criar tecnologias que nossas mentes mais geniais sequer poderiam imaginá-las, nem em seus sonhos mais exóticos. E um dos grandes defeitos da Ciência atual é tentar impor a verdade sobre o universo baseando-se na tecnologia disponível no momento, mesmo que ela seja atestada tornar-se obsoleta em poucos anos conseguintes, com isso colocando os fatos como absolutos.

Pois bem, querido leitor, entenda que o que direi agora, caso seja novo para você, poderá entrar em conflito com muitas de suas crenças, mas é necessário, pois está ligado intimamente com toda a história da raça humana, inclusive nos dias atuais. Sim, fomos visitados e continuamos a ser visitados até os dias atuais, com alguns períodos longos de isolamento, o último terminando há mais de 50 anos, quando as visitas voltaram, porém de forma discreta e anônima.

Este assunto é de extrema importância, pois como já disse, está ligado diretamente à nossa origem, e portanto necessita ser apresentado para quem está em busca do conhecimento, e por conseguinte, da sabedoria.

Visitas Ancestrais

O passado do homem está bem além do que é dito nos livros de história. Não preciso dizer a você, querido leitor, que tanto a Ciência quanto a Educação são manipuladas a certo nível para que assuntos e temas de extrema valia para a libertação da mente humana sejam apagados do contexto cientificamente aceito, deste modo impedindo que a verdadeira origem humana seja encontrada, e por conseguinte, a real natureza residente além das barreiras materiais. O governo oculto, como já foi dito neste blog, atua há dezenas de milhares de anos neste planeta, desta forma, a manipulação sempre esteve presente, adaptando-se às épocas e níveis tecnológicos e culturais da humanidade.

Uma das principais manipulações é a ocultação de informações relativas ao nosso passado. Tais informações resolveriam os chamados mistérios da humanidade que até hoje intrigam paleontólogos, arqueólogos, historiadores e até teólogos por todo o mundo. Entendam que todos os documentos, escrituras e livros que continham informações relevantes e escritas de modo direto, científico, contextual e didático foram queimados, rasgados, apagados ou escondidos (e uma das instituições usadas para isto é o Instituto Smithosian). TODOS.Aqueles que foram escritos de uma forma indireta, com ênfase poética, misturando-se a mitologias e costumes culturais de determinadas regiões foram mantidos. Isso porque uma das táticas da manipulação é mostrar a verdade sob um ponto de vista alternativo e pouco confiável, denotando-se assim um objeto puramente artístico e folclórico, não se convertendo na afirmação história e verossímil de uma verdade existente. É o que se faz, por exemplo, com os filmes e séries de tevê atuais. Mostram a verdade sob um ótica artística para que ela seja considerada apenas um tema ficcional.
Portanto, documentos e escrituras verdadeiras, porém escritas de maneira artística, são tidos como obras fantasiosas e que não devem ser consideradas sérias. Exemplos: o Mahabharata, os Vedas, O Livro de Dzyan, o Ramayna, o Antigo Testamento, etc. “Peraí, o Antigo Testamento?” Pois é, querido leitor, 80% do Antigo Testamento é de fato real,porém ao longo do tempo foi sendo mal interpretado e traduzido, e tendo sua real natureza perdida (falarei disso em outra ocasião, mas saiba que o Deus descrito na escritura não é o verdadeiro,  e sim outra entidade, imperfeita e cheia de complexos), servindo então como meio de manipulação pelo governo oculto. E a maioria dos textos antigos que ainda sobrevivem padecem do mesmo mal, sendo o principal e mais grave o erro de tradução, seguido do erro de interpretação.

Pois bem, não só fomos visitados por seres de outros mundos, como também fomos totalmente influenciados e manipulados por muitos deles na antiguidade. E os textos antigos os descrevem em abundância, tanto suas aparências quanto suas tecnologias. A descrição mais emblemática é a de veículos aéreos, descritos como carruagens de fogo no Antigo Testamento,Vimanas nos Vedas, Dragões (um tipo de dragão) em textos chineses, etc, etc, etc.
É importante entender que quando a humanidade convivia abertamente com os chamados fenômenos alienígenas, a escrita ainda engatinhava, por isso as descrições de pessoas, eventos, aparelhos e comportamentos são por vezes figurativas e metafóricas, pela falta de expressões vigentes para o real entendimento do que se propunha a tratar. Por isso é usado termos “carruagem de fogo”, “carruagem alada”, “filhos dos deuses”, “pássaros metálicos”, “demônios”, “anjos”, etc; pela falta de palavras para expressar o que se queria.

Os conservadores, que estão acostumados a trabalhar com o lado esquerdo do cérebro, sempre precisaram de provas mais diretas e elas sempre estiveram ao nosso redor, em grande escala, para que pudéssemos comprová-las sem a necessidade de interpelar a respeito.

Construções Colossais

Quem nunca ouviu falar das Pirâmides do Egito, de Stonehenge, dos Moais da Ilha de Páscoa ou das linhas de Nazca? Esses são os exemplos mais conhecidos de construções que até hoje intrigam os arqueólogos, pois não sabem quem, como e por quê foram construídos, deixando uma lacuna na história dita oficial da humanidade. Todavia, para quem realmente procura a verdade e não avanço profissional, as respostas aparecem e se encaixam como uma luva com as evidências que temos nas mãos. Infelizmente a verdade custa um preço alto, pois todos aqueles profissionais, sejam arqueólogos, físicos, historiadores, ou qualquer outro, que vão chegando perto da verdade, acabam tendo as carreiras prejudicadas, pois não se pode sair do padrão. O padrão é o que faz você ser aceito pela comunidade científica. Portanto se um historiador disser que fomos visitados por extraterrestres na antiguidade, ele pode dar adeus à sua carreira.
Por que tantas construções colossais? Por que todas foram construídas no mesmo período? Bem, querido leitor, esta resposta é simples: são evidências duradouras para as gerações futuras. São construções de extrema complexidade, mas que conseguem sobreviver à passagem de milênios, perdurando como herança de tempos imemoriais. Infelizmente, com a humanidade evoluiu o materialismo e não o espiritualismo, portanto o ceticismo tornou-se padrão das classes ditas intelectuais da sociedade moderna. Deste modo, o ceticismo impede que a verdade sobre nosso passado seja encontrada.

O irônico é que as provas encontradas são o suficiente para que não haja uma mentalidade cética para lidar com esse tema. Mas como interesses sempre estiveram em jogo, todas as provas nunca vão ser suficiente para mudar o padrão do pensamento científico e arqueológico. Pois como não reconhecer que a humanidade não dispunha de tecnologia para a construção de tamanhas grandezas? Que muitas delas até hoje ou são impossíveis ou muito complicadas de serem reproduzidas, mesmo com nossa tecnologia atual? Como pode ser inteligente e racional acreditar que a Pirâmide de Gizé levou apenas 20 anos para ser construída usando apenas força humana, toras de madeiras ou mesmo a tão falada (e sofista) geopolimeração? Não, a Ciência séria, sem tendências à pregação do conservadorismo científico moderno, diz que tal construção não poderia ser feita em apenas 20 anos.
E o que dizer de que, apesar de separadas por milhares e milhares de quilômetros, inúmeras civilizações antigas aderiram no mesmo período à construção de pirâmides, como na América Central, no Egito, na China, no Sudão, na Grécia, entre outros? Não, isso não faz sentido. Crer que é coincidência e que o homem milênios atrás tinha a tecnologia para fazê-lo é ir contra a razão dos fatos.
Outras duas construções merecem reverência: os Moais da Ilha de Páscoa e as ruínas de Puma Punku. Os primeiros são gigantescas estátuas de pedra, medindo entre 4 a 6 metros de altura, pesando até 27 toneladas. São mais de 887 estátuas construídas sem aparente propósito numa das ilhas mais isoladas do mundo. As segundas são um conjunto de ruínas a cerca de um quilômetro da cidade de Tiahuanaco, com pedras de até 400 toneladas. São como peças de quebra-cabeças, cortadas com precisão cirúrgica que se encaixam com tanta precisão, que uma folha de papel não pode ser colocada entre elas. Assim como outras tantas construções, essas duas não poderiam ser construídas pela tecnologia da época.

Há também incontáveis desenhos e esculturas de seres nada parecidos com as civilizações antigas. São figuras anatomicamente diferentes, vestindo trajes estranhos à época e com objetos considerados avançados tecnologicamente nos tempos atuais. Alguns são chamados de deuses, outros de filhos dos deuses, outros de viajantes do mundo superior. Todos, porém, são descritos como vindos do céu.
O ponto a chegar com todas essas informações é que, além de termos sido visitados por seres de outros planetas, foram passados ensinamentos e heranças para a humanidade. Os monumentos são uma lembrança viva daquela época, pois resistiram ao tempo. Escrituras e textos antigos foram rasgados e queimados; objetos pequenos e avançados foram destruídos; mas as construções permanecem de pé.

Por Que Foram Embora?


Houve uma época em que o então recente Homo Sapiens convivia com cidadãos do cosmos tranquilamente. Era natural ver objetos, veículos e tecnologias avançadas; assim como seres diferentes tanto em aparência quanto em vibração. Todavia, a civilizações mais avançadas da época começaram a presenciar seu próprio declínio, por fatores internos e externos. Duas delas caíram em épocas distintas pelos mesmos erros, sendo que após a última, seres mais elevados retiraram-se novamente para que nós, como civilização, pudéssemos começar tudo de novo e tentar mais uma vez alcançar a evolução da raça. Isso também devido ao problema cósmico que se originou na época, fazendo com que as almas que vinham a este plano fossem subdesenvolvidas moralmente. Entramos em quarentena.

Não é que eles foram embora, apenas mantiveram distância, observando o andar da carruagem. Os positivos não interferiam sem o consentimento do indivíduo. Os negativos, ao contrário, faziam com muito gosto por meio da  mentira e da manipulação coletiva, que perdura até hoje. E o ser humano foi evoluindo até chegar a um ponto em que a evolução se distorceu e começamos a cometer os mesmos erros de eras passadas, especialmente com o advento da energia nuclear, que acabou sendo usada para intenções bélicas. A história se repete sempre, pois o tempo, como já foi comentado aqui neste blog, é cíclico. Tudo o que aconteceu, acontecerá de novo, a menos que nós como consciências façamos com que a estrutura da realidade ilusória presente seja alterada.

O fato é que desde o final dos anos 40, o exílio foi encerrado e os contatos retomaram seu curso, porém de forma indireta. Por que você acha que evoluímos em 50 anos o que não fizemos em 2 mil?

Os Governos Sabem


Quando os contatos foram retomados diretamente com a elite e indiretamente com a humanidade, os líderes mundiais foram seduzidos pelo aumento do poder que as novas tecnologias ofereciam, fazendo “tratos e pactos” com nossos amigos de fora. Sendo que o principal era total liberdade para fazer o que quisessem com espécimes humanas. É triste dizer, mas fomos eventualmente vendidos por nossos governantes.

Vendo que a exposição do tema alienígena poderia acabar com a troca de tecnologias, e por conseguinte, o aumento de seu poder, a Elite Mundial tomou a decisão de ridicularizar abertamente o assunto, fazendo com que ele não passasse de teoria da conspiração de loucos paranóicos. Pois eles sempre controlaram a mídia, e a usavam descaradamente para deturpar as provas e testemunhos das pessoas.

Mas o tempo passou e os eventos estão a ritmo acelerado. E esses eventos já fizeram com que a Elite tome suas providências. Nesses últimos anos incontáveis governos estão liberando documentos sobre o fenômeno OVNI, e projetos ligados ao assunto estão sendo tolerados com incrível caridade, veja o Disclosure Project, por exemplo. Isso por que eles sabem que estamos perto de voltar a ter contato direto com nossos amigos cósmicos. É inevitável. E já estão armando a estratégia da vez, primeiro liberando documentos, depois reconhecendo o assunto como verdadeiro, e depois criando um falso problema.
Sim, querido leitor, o Governo Oculto está ciente de que corre um sério risco de perder o controle sobre a humanidade. Sendo assim, suas marionetes, ou seja, a Elite Global, irá possivelmente usar do tema para a implantação da Nova Ordem Mundial. A ideia é forjar um ataque extraterrestre, fazendo com que a humanidade precise de uma entidade que os proteja. Desta forma é oferecido um Governo Mundial, com total poderes sobre o globo terrestre. Essa é uma tática desesperada que pode ou não ser usada, mas que possivelmente não dará frutos.



Homenzinhos Verdes?


A curiosidade é natural no ser humano, e portanto, é natural querer saber como são nossos amigos de outros mundos. Mas não se deixe enganar pelo senso comum. Assim como há incontáveis espécies animais e vegetais em nosso planeta, também há incontáveis raças de seres pensantes. Aquelas que sempre mantiveram contato conosco são pouco variadas em suas anatomias. Não se sabe ao certo quantas raças já visitaram ou se encontram no nosso sistema solar, mas podemos citar como algumas se parecem.


Os famosos cabeçudinhos cinzas são chamados de Greys pela maioria dos ufólogos e especialistas no assunto. Os que se encontravam aqui, tinham intenções nada amistosas para com a raça humana, e é por isso que 90% dos testesmunhos de abduções fazem referências a eles. Porém, há raças humanóides como nós, parecidos em maior ou menor escala. Há também os chamados reptilianos.


Certamente, só na nossa galáxia deve haver incontáveis tipos de seres racionais, com formas que não poderíamos conceber, ou tão parecidos conosco que pensaríamos tratarem-se de seres humanos. Mas não se faz importante para nós no momento saber quantos tipos de raças existem, ou como se parecem. Por hora, vamos nos ater ao essencial.

Eles Estão Aqui
Se você leu o post sobre o Universo Holográfico ou o Eu Superior, saberá que há frequências que não podemos perceber. Deste modo, há coisas que estão ao nosso redor e não temos as condições necessárias para decodificá-las. Para que qualquer raça consiga atravessar as barreiras espaciais e chegar a este planeta, é necessário ter um grande avanço tecnológico ou espiritual, que inevitavelmente se eleva acima da 3ª dimensão. Ou seja, acima do que podemos identificar.

Eles estão aqui, em nossos céus, alguns andando ao nosso lado, outros manipulando seus pensamentos, outros ajudando-os espiritualmente. O fato de não vê-los não significa que não estejam lá. De fato, há muitos deles em nosso sistema solar, observando, agindo, ajudando ou apenas assistindo aos fatos que se desenrolam nos últimos anos. Pois o que vai acontecer neste planeta e com a raça humana é algo muito pouco comum neste universo, portanto temos os nossos 15 minutos de fama.

Há também aqueles que estão aqui a favor do Governo Oculto e certamente conseguem ludibriar muitas pessoas, seja por contatos diretos, seja por canalizações. Mas eles só podem interferir em sua vida se você assim o quiser. Estando ciente de seu Ser e estando sincero com seu coração, nenhum mal pode afetá-lo
.
Eles também se comunicam indiretamente por meio dos chamados Crop Circles. Não, eles não são criados por um bando de desocupados durante a noite. A mídia lhe vendeu essa ideia e você a comprou.O homem pode fazer desenhos perfeitos, porém necessitam de vários dias para isso, não apenas alguns minutos durante a madrugada. E se comparados com os verdadeiros, os desenhos feitos por nós em um curto período de tempo são muito mal feitos, quase que garranchos de crianças. E por que os extraterrestres os fazem? Para quem estiver disposto a vê-los, ora! São conhecimentos profundos sobre a humanidade e o universo em forma de símbolos perfeitos. Aqueles que conseguem traduzí-los, compreendem a complexidade das informações. Não se deixem enganar, a ciência não só os considera verdadeiros, como faz traduções sobre suas mensagens. Isso, porém, você não vai ouvir da boca de nenhum homem da ciência.

Finalizando

Sim, querido leitor, os extraterrestres existem e mais, fazem parte da nossa história como civilização e raça. Sempre estiveram presentes, deixando-nos ocasionalmente por algum período isolados, mas sempre se fizeram próximos a nós. Não há mais como negar esses fatos, pois há mais do que evidências suficientes. Este texto foi apenas para dar uma base para quem chega agora. A partir dele, você poderá buscar suas próprias informações e fontes.


Entenda que muito em breve, ainda em nosso período de vida, sairemos de uma vez por todas do isolamento planetário, voltando a ter contato com nossos amigos cósmicos. Por isso, mesmo aqueles que se apegam ao ceticismo logo irão morder a língua e entender que a busca da verdade exige mente aberta, e não premissas sofistas para satisfazer o ego atrelado ao materialismo mundano. A verdade sempre esteve presente, poucos porém conseguem vê-la.


Busque as informações, estude muito e assimile tudo o que for possível. Pois nós somos eles, eles somos nós. Nossas almas, a maioria, não é humana. Vieram de outros mundo e agora estão aqui. Portanto, o seu Eu Superior sabe da existência de outras criaturas além deste planeta, só você que ainda não.

Abraços e Fique na Paz.