Arquivo Geral de Publicações do Blog

Postagens Recentes

Postagens Recentes

Barra de Vídeos - Tema Selecionados

Loading...

sexta-feira, 30 de março de 2012

Urnas eletrônicas (mecanismo do sistema illuminati) = confiabilidade ZERO



O dep. fed. Fernando Chiarelli, em discurso no expediente da Câmara dos Deputados, apresentou alguns lacres intactos de urnas eletrônicas que recebeu de terceiros como mostra do que se pode comprar por aí.

Depois de seu discurso, o deputado completou a informação relatando que chegou aos "vendedores" de lacres das urnas em menos de um mês, depois que começou a denunciar em plenário a falta de confiabilidade das urnas eletrônicas.

Disse, ainda, que os lacres são oferecidos com ou sem assinatura dos juízes, a preços diferenciados. Disse também que passou todas essas informações a agentes da Polícia Federal que o tinha procurado anteriormente.

Os lacres assinados pelos juízes e MP deveriam ser destruídos quando não usados, segundo resolução do TSE.

Assim, a existência desse mercado de venda de lacres das urnas, inclusive assinados, revela que a fraude eleitoral "eletrônica", pelo menos em parte, nasce dentro dos cartórios eleitorais, exatamente como ocorria com as fraudes "manuais" que ocorriam antes da chegada das urnas eletrônicas.

Eng. Amilcar Brunazo Filho
membro do Comitê Multidisciplinar Independente - CMind















quinta-feira, 29 de março de 2012

ALEX JONES E LINDSEY WILLIAMS (UM INFILTRADO NA ELITE GLOBAL) REVELAM: Elite está adiando a crise, para poder endividar os países e cidadãos ao máximo

 

Lindsey Williams tem contato com a Elite Global, e já acertou muitas coisas ao longo do tempo, que a elite conta pra ele. As novas informações estão abaixo:




Lindsey, disse entre outras coisas, que a Elite Global (illuminatis) está adiando a crise desde setembro/outubro de 2011 e ainda não deixou a crise explodir, porque estão fazendo isso para endividar os países, não somente a Grécia, mas todos os países do mundo e assim todos perderem sua soberania, e quando eles puxarem as rédeas, todos os países estarão com massivas dívidas e por consequência irá ser mais fácil a instalação do governo mundial.
Disse que nos próximos 3 meses, abril, maio e junho, a crise vai ficar nesse chove não molha, com os países se engalfinhando em mais e mais dívidas, pois esse é o plano da elite, sugar a soberania dos países antes do golpe final. Endividar países, estados, e municípios (e cidadãos) ao maximo. Divida é sinônimo de perda de soberania. Facilidade para controle externo.
Disse que o que interessa e o que está em jogo são os derivativos, e para ninguém ficar de olho em bolsas, pois isso não quer dizer nada, a elite está de olho nos derivativos e irá brincar com isso para afundar a todos com a crise.
Estão adiando um ataque ao Irã também, pois estão esperando o momento certo. E que muitos lá dentro da Elite não estão querendo Obama para ser reeleito, pois ele trabalha para a fraternidade islâmica. Apesar de existir gente da elite infiltrada lá dentro, parece que Obama não está passando confiança para os chefões da Elite Global. Talvez utilizem um ataque ao Irã, como pretexto para a reeleição ou não de Obama.
Lindsey repete novamente que até fim de 2012 o dólar estará morto, e ele enfatiza que isso não quer dizer que o dólar não mais existirá, mas sim que não terá mais poder de compra, será uma moeda fraca, sem valor.
As duas partes acima estão em inglês e não serão traduzidas, não temos tempo pra isso. Abaixo, se encontra um link com outros videos mais antigos do Lindsey ja traduzidos.

 .
 Acompanhe no Fim dos Tempos.Net e ou neste link abaixo:

PARA VER PARTES MAIS ANTIGAS DA SÉRIE CLIQUE AQUI – LEGENDADA

Fonte: http://2012umnovodespertar.blogspot.com.br/

NOTA: A mesma coisa que esta fazendo com os paises, a Elite Global atraves dos bancos esta fazendo com os cidadãos de todos os paises, oferecendo crédito facil para que todos se endividem ao maximo para numa determinada data eles decidirem suspender todos os creditos e executar todas as dividas de todos os cidadãos, de uma só vez e assim tomar todos os bens de todos e promover a quebra de todos os cidadãos. Os cidadãos que não puderem pagar suas dividas vão ter que assinar um contrato de trabalho para eles, abrindo mão de todos os seus direitos e liberdades (contrato de escravidão) e aceitar a colocação de ships para serem totalmente controlados, até mesmo no que vão comer (vide o CODEX ALIMENTARIUM).

 

 

 

NOVAS DESCOBERTAS: Vc sabia que as grandes cabeças de estatuas da Ilha de Pascoa tem corpo com inscrições???




A descoberta surgiu há algumas semanas na Internet: as grandes cabeças de estátuas da ilha da Páscoa têm corpo e com inscrições!
Então o que era conhecido por serem apenas grandes cabeças, sabe-se agora que essas estátuas escondem muitos segredos, como mais de metade do seu tamanho estar enterrado no subsolo e revelarem a existência de corpo e mãos.


Atribui-se a descoberta ao casal Routledge, mas outro grupo de pesquisa privado tem escavado recentemente uma estátua e descobriu muitos escritos sobre o corpo.
 


Localizada no Pacífico, a ilha vulcânica foi descoberta pelo navegador holandês Jakob Roggeveen, no domingo de Páscoa de 1722. Tornou-se posse chilena em 1888.
Enquanto ainda muitos mistérios cercam a ilha da Páscoa, a descoberta desses escritos colocados no subsolo podem iniciar muitos debates.
 


Na verdade, se quase todos os cientistas estão de acordo que foi após um ecocídio que a população (cerca de 4000) desapareceu, que aconteceu com estes gigantes de pedra enterrados?
Seriam assim desde o início quando foram feitas pelos Rapanui (civilizações antigas da ilha) ou foi o passar do tempo que as enterrou?
 


A hipótese mais provável é que um maremoto, possivelmente seguido de um grande deslizamento, varreu a ilha e a sua civilização, que se perdeu nas brumas do tempo. Os turistas desconhecem que sob os seus pés há um tesouro escondido que se adivinha. As estátuas não devem ter sido enterrads, mas o fluxo de transporte da onda gigante trouxe muito entulho, poeira e sujeira que as enterrou e a civilização desapareceu como que apagada de uma só vez. 
 

Volta a pensar-se no mito da Atlântida e do continente Mu cujas lendas ressurgiram com esta descoberta excepcional.

 









 








Fonte: http://forum.jogos.uol.com.br/as-estatuas-da-ilha-de-pascoa-tem-corpo_t_1953363 

segunda-feira, 26 de março de 2012

Crianças Indigo e Cristais: CRIANÇAS MULTIDIMENSIONAIS



25 de Março de 2012.
Mensagem de Jennifer Hoffman
Crianças Índigo e Cristal que estiveram por perto por muitas gerações, introduziram novos paradigmas energéticos na terceira dimensão. Suas vidas não foram fáceis, mas elas, em cada geração, mudaram o mundo, uma pessoa e uma crença de cada vez. Temos novas crianças chegando em números crescentes e estas crianças levam a energia Índigo e Cristal para novos níveis. Embora elas sejam imensamente sensíveis e espiritualmente conectadas, elas também existem em múltiplas dimensões, o que significa que elas podem não estar ancoradas, não confortáveis na energia da 3D e têm dons que surpreendem e iluminam o mundo, quanto ao potencial de que somos todos capazes quando podemos ser multidimensionais.
Houve uma época em que uma criança superdotada era uma anomalia. Agora há muitas destas crianças e, realmente, algumas exibem os seus talentos antes que possam andar. Era inédito que pré-adolescentes estivessem na faculdade antes do seu aniversário de dígito duplo. Mais destas crianças estão cientes dos problemas sociais e elas criam soluções que nos obrigam a participar com elas da criação de um equilíbrio social, econômico, moral e ético no mundo. Elas trazem experiências e potenciais das dimensões superiores para integrá-las na Terra.
Mas o outro lado destas crianças multidimensionais pode ser desafiador.Seus corpos não funcionam bem na terceira dimensão, e elas podem ter intolerâncias alimentares, alergias graves, desenvolverem condições que ameaçam a vida e terem doenças crônicas. Elas são mais propensas à depressão, a alterações súbitas do humor e desequilíbrios emocionais e mentais. Elas podem ser muito tranquilas ou muito agitadas, expressarem as suas necessidades, ou se recusarem a participar do mundo. Como sabemos do que elas precisam e como tornar mais fácil a sua transição para a vida na 3D, o que algumas nunca experienciaram antes?
Estas crianças respondem muito bem ao trabalho de energia e se beneficiam do tratamento com cristais, óleos essenciais e modalidades de cura e de equilíbrio. Elas lhes permitirão saber o que funciona e que pode ser tão simples quanto comer alimentos orgânicos, e colocar cristais em seu quarto. Quartzo rosa, água-marinha, lápis-azúli, quartzo, citrino e ametista são todas pedras adequadas para elas. Óleos, tais como alecrim, lavanda, tomilho e sálvia podem ajudar também a equilibrar as suas energias. Reiki, Terapia da Polaridade (N.T: terapia da polaridade usa quatro técnicas básicas: manipulação, alongamento e posturas, dieta e conselhos.), e Toque Quântico são modalidades benéficas . 
Permitam que elas lhes digam o que elas precisam e ensine-as a ancorar e a limpar o seu campo de energia e a sua aura. Isto as ajudará a permanecerem equilibradas, para que elas não estejam concentrando toda a sua energia em estar na densidade e possam expandir  a sua energia, trazendo os seus extraordinários dons.
Traduzido por: Regina Drumond Chichorro - reginamadrumond@yahoo.com.br
Publicado por: http://comandoestrelinha.ning.com/forum

CRIANÇAS INDIGO: As Crianças da Nova Era







por Jeshua, canalizado através de Pamela Kribbe

Esta canalização foi apresentada ao vivo, no dia 21 de maio de 2006, em Oisterwijk, Holanda.


Queridos amigos,

Eu lhes ofereço as minhas cordiais boas-vindas. A minha energia flui no meio de vocês e vocês podem percebê-la como a energia do lar, um Lar para o qual vocês estão se movendo e uma Fonte da qual vocês estão vindo. A minha energia não é simplesmente a energia de um homem que viveu na Terra há 2000 anos atrás. Eu represento a Fonte de energia da qual todos vocês fazem parte e na qual os seus Eu Superiores estão presentes como um, como uma energia de grupo.

Nesse nível de unidade existe uma superalma que vocês podem chamar de energia Crística e que abrange todos nós – inclusive eu, Jeshua – como um guarda-chuva. É a partir dessa energia que nós levamos mensagens a vocês na Terra e seguramos um espelho à sua frente, enquanto vocês estão temporariamente perdidos e não conseguem encontrar o caminho. O que queremos mostrar-lhes é a energia do seu Eu Superior, a sua família de alma, a sua superalma. Nós os fazemos lembrar da Fonte da qual vocês descendem e de onde se origina a sua mais profunda inspiração.

A inspiração que os une tem a ver com trazer Luz à Terra. Tem a ver com a chegada da Nova Era. A sua encarnação aqui e agora na Terra está altamente conectada com os tempos de transição que vocês estão vivendo.  Hoje eu gostaria de lhes falar sobre a chegada de uma nova geração de crianças na Terra. Essas crianças apresentam qualidades diferentes daquelas com as quais vocês se  acostumaram no passado. Como foi que isso veio a acontecer? De onde vem esse fenômeno? Para responder a essas questões, eu tenho que levá-los para trás no tempo e mostrar-lhes como vocês foram os pioneiros da nova onda de energia que estas crianças estão trazendo.

Houve épocas na Terra em que a energia era pesada e rígida. Tudo era determinado por leis e regulamentos, sobrando pouco espaço para a imaginação e para os poderes intuitivos, que trazem consigo uma energia alegre e amorosa. Essa energia pesada tomou conta da Terra por muitas eras. Eu fui um pioneiro em romper o domínio dessa energia sufocante, em trazer Luz para uma realidade escura na qual prevaleciam o poder e a opressão. Havia repressão da imaginação, da liberdade de se expressar, da liberdade de expressar a energia do coração.

No curso dessa história, a Segunda Guerra Mundial representou um ponto crucial. Na esteira dos acontecimentos desse período de guerra, nasceu uma nova era e um novo espírito, que lhes ficou familiar como a revolução dos anos 60. Ela também foi uma revolução espiritual. A energia do coração renasceu naquela época e, embora a energia dos anos 60 tenha sido, de certa forma, ingênua e sem uma direção definida, de qualquer modo ela constituiu uma ruptura. Ela introduziu uma energia nova e vibrante. 

Todos vocês, que nasceram no período ao redor da Segunda Guerra e depois, foram os pioneiros da nova era. Foram vocês que criaram as condições espirituais para o surgimento de uma nova geração de crianças que agora reconhecem a canção dos seus corações e levam-na mais adiante. É sobre estas crianças que eu gostaria de lhes falar agora.

Estas crianças chegaram com uma energia extremamente mais pura e elevada – “mais elevada” no sentido de que essas crianças são capazes de manter intacta uma quantidade maior da energia da alma, quando elas chegam na Terra.  Uma outra forma de colocar isto é dizer que o véu entre a sua realidade material e os reinos espirituais tornou-se mais fino devido ao trabalho pioneiro que vocês e muitos outros realizaram, nas décadas que se seguiram à Segunda Grande Guerra.

Naqueles dias, muitas coisas foram colocadas em questãoas autoridades tradicionais foram questionadas e surgiram novos conceitos que influenciaram a consciência coletiva da humanidade em todo o mundo. À primeira vista, isto levou à confusão e ao caos, mas a energia do coração sempre leva à confusão e ao caos, no ponto de vista daqueles que adoram leis e estruturas e que olham de baixo para uma autoridade firme e resoluta, que lhes diga a verdade. Esses tempos se foram. Todos vocês estão desejosos de sentir a energia da verdade e da clareza, e já a encontraram dentro de si mesmos. Este trabalho interior prepara o terreno para uma nova era na Terra. Todos vocês têm um pé na velha era e um pé na nova. A transição para a nova era é uma transformação longa, gradual. As crianças que estão nascendo agora já estão se mantendo dentro da nova era muito mais do que vocês já o fizeram. No entanto, existe uma conexão e um reconhecimento importantes entre vocês e elas.

Para esclarecer melhor esta questão, deixe-me falar um pouco mais sobre os vários grupos de crianças que estão entrando na Terra. Todos vocês, que estão aqui presentes e que se sentem particularmente atraídos por esta mensagem, são almas de trabalhadores da Luz.  Em canalizações anteriores(1), eu falei sobre as características das almas dos trabalhadores da Luz e sobre a sua história através das eras. Vocês são antigos e trazem a experiência de muitas, muitas vidas passadas.
Devido a tudo por que passaram, vocês desenvolveram uma sensitividade na alma, que os torna sábios e compassivos, mas também vulneráveis. Muitas vezes vocês sentiram que eram “diferentes” e que não se ajustavam tão bem ao seu ambiente social.
Principalmente nas épocas em que a ordem, a disciplina e a repressão dos sentimentos eram normais, isto lhes causou um sofrimento profundo e prejudicou os seus centros dos sentimentos. Mas agora vocês podem enxergar a sensitividade, que é característica de vocês, claramente refletida nos olhos das crianças trabalhadoras da Luz que estão nascendo na Terra.

Este é o primeiro grupo de “crianças da nova era” que eu gostaria de distinguir. Elas são almas de trabalhadores  da Luz, que são basicamente iguais a vocês, mas que entram na Terra por um portal ou véu diferente. Elas estão menos carregadas com as energias da velha era do que vocês estavam. Vocês tiveram que lidar com antigos métodos educacionais, bem intencionados, mas que geralmente eram métodos sufocantes de criar os filhos, e que geralmente reprimiam o sentido infantil original de encantamento, imaginação e auto-estima. Tudo isso foi mudando através das últimas décadas. Agora há mais liberdade, mais espaço para os sentimentos, mais compreensão da importância das emoções, mais respeito pela natureza individual de cada pessoa.

Assim, os trabalhadores da Luz que estão chegando agora são recebidos de uma forma diferente, numa energia diferente, e isso os capacita a trazer mais da sua energia de alma e da sua luz cósmica através do véu. A sua sensitividade é claramente visível e isso pode, inclusive, causar desequilíbrio. Mas falarei disto mais adiante.

Eu gostaria de distinguir um segundo grupo de “crianças da nova era”. Elas são as almas terrestres. Elas não pertencem historicamente à família das almas de trabalhadores da Luz, das quais falamos antes(2). O desenvolvimento delas é profundamente entrelaçado com a evolução da vida na Terra. Elas são agora como um grupo que está passando pelos primeiros estágios do desapego de uma consciência baseada no ego e movendo-se em direção a uma consciência baseada no coração. As almas terrestres, que chegaram nas épocas mais recentes, apresentam uma sensitividade maior. Isto se deve não só ao seu próprio desenvolvimento interior, mas também ao fato do véu estar afinando e, conseqüentemente, haver mais espaço para a auto-expressão emocional. Elas também fazem parte da nova onda de energia que agora está chegando através das crianças.

Ainda há um terceiro grupo que eu gostaria de distinguir. É aquele que tem sido chamado (na sua literatura espiritual) de “crianças cristal”. Estas crianças são relativamente novas na Terra; elas não tiveram muitas encarnações aqui, embora tenham uma rica experiência com outras dimensões ou planos de existência, onde elas encarnaram em outras formas, diferentes do corpo humano. Vocês também podem chamá-las de “crianças das estrelas”. Com freqüência, a energia delas é sonhadora e elas também se caracterizam por uma grande sensitividade. No caso dessas crianças, pode inclusive haver sintomas físicos, como alergias (a alimentos) ou problemas de pele, que tem a ver com a dificuldade para se acostumarem com a energia da Terra, com a densidade e a crueza da realidade material. Estes seres recém-chegados à Terra trazem uma energia muito refinada, etérica, e eles precisam de ampla proteção e segurança para serem capazes de se aterrarem completamente.

Citamos, então, três grupos de crianças que são todas crianças da nova era. Assim, podemos dizer que todas as crianças que estão encarnando atualmente fazem parte da Nova Era, de acordo com a sua própria natureza.

Você, que está ouvindo e lendo isto, está especialmente familiarizado com as almas dos trabalhadores da Luz, porque você mesmo é um deles. Todos vocês são profundamente inspirados a trazer Luz para a Terra e, ao mesmo tempo, vocês carregam dentro de si velhas feridas de rejeição e solidão. Graças a isto, nem sempre lhes é fácil sentir uma conexão segura e amorosa com a Terra. Mas justamente este é o ponto de máxima importância, quando se trata de ajudar essas crianças a aterrar a energia delas e de levá-las a uma vida satisfatória. O pré-requisito para que vocês sejam capazes de encaminhar e amparar essas crianças e possam oferecer-lhes a segurança emocional que elas precisam é que vocês mesmos vivenciem uma conexão amorosa com a realidade terrestre.

Agora eu vou mencionar alguns problemas que essas crianças podem encontrar e o que vocês podem fazer a respeito disso, quando estiverem em contato com elas, seja como pais, professores ou terapeutas. Alguns de vocês sentem-se chamados a trabalhar com elas, e isto é muito apropriado, já que vocês são particularmente peritos no reconhecimento dos seus motivos e inspirações intrínsecos. Vocês reconhecem aspectos delas que foram reprimidos e suavizados em vocês mesmos, durante a sua infância e mais tarde. É por isto que o encontro com essas crianças pode tocá-los em um nível emocional profundo, pois vocês enxergam nelas um reflexo de si mesmos, o seu próprio amor, a sua própria originalidade, a também a sua própria dor. Realmente essas crianças também podem sentir a dor de não serem bem-vindas na Terra. Embora os tempos tenham mudado, não é tão evidente que elas venham a encontrar formas de manifestação que combinem com a vibração e o nível de consciência delas. Isto tem vários motivos.

O primeiro é que a energia ou vibração delas ainda não combina com a energia da Terra e da consciência humana coletiva. Elas estão à frente do seu tempo. Esta falta de compreensão entre o velho e o novo é familiar para vocês, devido à sua própria experiência. Existe um conhecimento e uma profunda sabedoria em vocês, da geração mais velha, que não se ajustou muito bem à realidade da sua sociedade. Eles vão contra os valores e conceitos tradicionais, profundamente arraigados, e têm se defrontado com ceticismo e desconfiança.

Além disso (segundo motivo), a realidade material tem uma lentidão inerente, devido à sua densidade. Sonhos e desejos não se manifestam rapidamente nem facilmente. Para realizar a sua inspiração mais profunda, vocês precisam ser capazes de se conectar com a Terra em todos os níveis: emocional, físico, mental e espiritual. Só assim a sua energia pode encontrar solo fértil e as sementes da sua alma podem germinar e florescer.

Para as crianças da nova era, vai ser muito importante conseguir se aterrar, ou seja, saber conectar a sua energia cósmica – que pode ser impetuosa, apaixonada e inspiradora – com a realidade da Terra. É importante que elas desenvolvam a paciência para canalizar a energia das suas almas para a realidade energética deste planeta. Inclusive, também é vital que elas tenham paciência com aquela parte da humanidade e da sociedade que está caminhando atrás e ainda não tem condições de compreender a sabedoria que elas lhe oferecem, e até interpretam o comportamento delas como obstinação e rebeldia.

Aqui acontece uma colisão entre o velho e o novo, que pode causar problemas. A energia das novas crianças muitas vezes será mal interpretada pelas pessoas que fazem parte da velha mentalidade, segundo a qual a disciplina, a ordem e a obediência são pré-requisitos para o completo desenvolvimento das habilidades e personalidade da criança. Agora, vocês são realmente aqueles que estão aqui entre o velho e o novo, e que têm condições de construir uma ponte. Vocês sofreram porque tiveram que controlar e manter dentro de si mesmos muito da sua verdadeira energia espiritual. Vocês sabem o que é sentir-se bloqueado em sua auto-expressão. Portanto, vocês entendem muito bem as novas crianças, vocês entendem a necessidade que elas têm de se libertar das regras baseadas na autoridade e repressão dos sentimentos.

Estas crianças precisam ter espaço para a auto-exploração e individualidade e, ao mesmo tempo, precisam entender o valor da disciplina amorosa (em oposição à disciplina autoritária). Elas precisam aprender como canalizar e lidar com suas próprias energias, sem se reprimir. Esta é precisamente a questão com a qual vocês mesmos estão lidando, no seu caminho interior. É vitalmente importante, para todos vocês, que sejam capazes de canalizar a sua energia cósmica, a sua centelha de luz, através do seu corpo para dentro da realidade terrena. Isto quer dizer, particularmente, que vocês têm que lidar com as emoções que os bloqueiam, impedindo-os de estar verdadeiramente presentes no aqui-e-agora e se expressar na realidade material.

Um dos principais problemas dos trabalhadores da Luz – o seu “complexo”, por assim dizer – é que eles carregam muita energia espiritual na parte superior do seu campo de energia (ombros e cabeça), que fica estagnada ali e não consegue encontrar o caminho para baixo. Essa energia não consegue se conectar apropriadamente com a Terra, o que é o mesmo que dizer que vocês conservam sua energia dentro de si mesmos e sentem-se incapacitados de se expressar satisfatoriamente. Isso também pode ser o caso nos seus relacionamentos privados, ou no seu ambiente de trabalho, onde vocês podem se sentir menos satisfeitos e criativos do que poderiam ser. Tudo isto tem a ver com não estar completamente aterrados. E o motivo dessa energia não conseguir descer e encarnar completamente, é que existem traumas emocionais localizados na área do abdome, que bloqueiam ou interrompem o fluxo. Portanto, é imensamente importante focalizar sua atenção e consciência nessas partes de vocês que estão necessitadas de cura emocional. 

É vital que vocês consigam uma espiritualidade completamente incorporada, aterrada, e que não mantenham essa energia trancada dentro da parte superior do seu campo áurico. Senão, essa energia poderá causar uma forma de espiritualidade ingênua e desequilibrada, que pode lhes oferecer sentimentos de êxtase, uma vez ou outra, mas que carece de “corpo” para realmente se conectar à Terra e se manifestar externamente (como um emprego satisfatório e estável, um relacionamento amoroso e/ou abundância material). A energia espiritual deve se conectar com o corpo emocional e, a partir dele, com a realidade física. O que bloqueia o fluxo são feridas antigas:emoções como medo e raiva, sentimentos de inferioridade, frustração e amargura em relação à vida. Esses são os obstáculos emocionais com os quais vocês se chocam, e eu lhes digo que a chave para encontrar formas de amparar as novas crianças é lidar com essas questões emocionais básicas. A sua própria cura emocional vai lhes proporcionar os meios de ajudar as crianças a se aterrarem de uma forma amorosa e, ao mesmo tempo, disciplinada. Pois, ao enfrentarem firmemente essas questões, vocês vão criar uma trilha energética para elas.

O que significa cura emocional? Eu gostaria de falar sobre isto outra vez, embora já tenhamos tratado disto mais extensamente em canalizações anteriores(3). Todos vocês conheceram as épocas em que as emoções eram reprimidas e consideradas mais ou menos um tabu. Especialmente os mais velhos entre vocês cresceram em uma geração para a qual isto era padrão. Nos anos 60, houve uma reação contrária e as emoções foram libertadas, algumas vezes até o extremo oposto – a exaltação. As emoções foram colocadas acima da razão. A racionalidade teve que ser posta de lado por algum tempo, para que se pudesse investigar e transgredir livremente os limites da tradição. E isso foi proveitoso por algum tempo, mas a livre exploração das energias emocionais suprimidas também traz consigo algumas armadilhas. Não é possível transformar e curar as emoções oferecendo-lhes um livre reinado e deixando que elas controlem vocês.

A essência da liberdade espiritual está em tomar conhecimento de todas as emoções, permitir que elas existam, e ao mesmo tempo, manter-se totalmente consciente, acolhendo-as com sua própria consciência angélica. As energias emocionais não resolvidas, que estão dentro de vocês, são como criancinhas, confusas, tristes ou assustadas, que vêm lhes pedir conforto – elas vêm pedir ao anjo em vocês, ao seu Eu Superior. Desta forma, o seu Eu Superior, angélico, desce ao seu próprio corpo emocional para fazer o trabalho de cura que é a missão de vocês. E quando vocês fazem isso, a sua Luz flui para baixo, percorre os seus centros de energia (chacras) inferiores, percorre os seus braços e pernas e sai para o mundo. É isto que significa aterrar a sua energia angélica ou energia da alma.

 É um processo que requer autodisciplina. Uso a palavra disciplina para chamar sua atenção para o fato de que isto não acontece automaticamente. O processo de autocura requer um foco firme e honesto na sua vida interior e uma vontade de encarar todas as emoções que estão dentro de vocês. Trata-se de reconhecê-las como suas, de responsabilizar-se por elas e de não se sentir vítima do passado, de outras pessoas ou da sociedade. Vocês são anjos que absorveram essas emoções e que têm o poder de transformá-las. Esta é a razão de vocês terem vindo à Terra: para transformar o seu medo, raiva e tristeza em amor, perdão e compreensão. Ao fazerem isto, vocês criarão para si mesmos uma vida de alegria e realização, e estarão em paz com a realidade da Terra. E assim, vocês estabelecerão uma trilha para as novas crianças que estão chegando (e as que já chegaram). Elas chegam com uma energia mais elevada, graças ao trabalho pioneiro de vocês, mas sem a certeza de que essa energia vai encontrar um solo firme onde pisar. 

Para preparar tal terreno, todos nós – a sociedade como um todo – teremos que nos abrir para os aspectos novos e diferentes dessas crianças. Precisamos acolhê-las com prazer e permitir que elas expressem a sua energia livremente e, ao mesmo tempo, ensiná-las a desenvolver o foco e a paciência para canalizar a sua energia para a realidade da Terra. Elas precisam expressar a energia de suas almas, a sua inspiração cósmica, em formas materiais que pertencem à Terra. Então, elas precisam sentir que são capazes de se expressar emocionalmente, mentalmente, criativamente e espiritualmente na linguagem, comunicação e organização. É importante que elas se sintam motivadas a trazer sua energia para esta realidade, mesmo que isto signifique que elas tenham que passar por resistências (internas e externas) e dificuldades.

A mensagem das novas crianças, a sua energia clara, cristalina, só poderá pousar em solo fértil, se nós as ajudarmos a estabelecer uma conexão amorosa com a Terra. Em relação a este aspecto, vocês mesmos estão passando por um processo fundamental de transformação, no qual o corpo emocional é a chave. Todos vocês estão no processo de assumir a responsabilidade pelas suas emoções mais profundas e gradualmente liberá-las na luz da sua própria consciência angélica. O seu Eu Angélico tem compaixão pelo profundo medo e desalento que vocês podem experienciar no reino terrestre. Faz parte da essência da energia Crística descer ao ponto mais baixo, onde a escuridão parece tomar conta de tudo, e fazer com que a presença da Luz seja conhecida. Não é nenhuma grande façanha irradiar luz no reino cósmico de amor e segurança.

O verdadeiro poder da energia Crística é que ela penetra nos recantos mais escuros e leva amor onde reina a desesperança. Na Terra – um planeta tão maravilhoso e rico e, apesar disso, tão afastado da unidade e do amor – a energia Crística prepara um canteiro de sementes e abre novas perspectivas. Todos vocês são os brotos das sementes e os pioneiros da nova era. Mesmo que o seu caminho pareça difícil e pesado, todos vocês realizaram muitas coisas e, através das suas próprias mudanças, ajudaram a abrir o portal para a nova onda de energia luminosa que agora está se derramando sobre a Terra.

Mesmo agora, não vai ser fácil. Ainda agora, muita escuridão está vindo á tonaabuso de poder, medo, energia velha. Portanto, eu lhes peço para manterem a fé na sua missão, que é levar a luz da sua energia Crística desabrochada para a sua própria escuridão interna. As crianças da nova era serão gratas a vocês. Elas precisam de vocês, mas elas também lhes dão algo em troca. Elas carregam a felicidade em seus corações, um delicioso frescor e uma lembrança viva do Lar. Elas brilham com alegria e amor, como um botão de flor cheio de promessas. Essa energia pode abrir os seus corações e levantar uma sensação de diversão e descontração em vocês. Todos vocês que se sentem velhos e desgastados, que já passaram por muitas coisas, estendam suas mãos para os recém-chegados! Eles precisam do seu amparo e experiência e eles vão trazer amor e alegria para as suas vidas. Este é um processo que toca todos vocês, tanto os que estão lidando diretamente com crianças, quanto os que não estão. Ele toca todos vocês.

Eu gostaria de terminar com um momento de silêncio, no qual eu lhes peço para se conectarem com a Terra. A própria Terra é uma inteligência, um ser com uma alma, que está aguardando ansiosamente a chegada das novas crianças. Ela sorri para si mesma, ao olhar para vocês, pois quando vocês chegaram aqui, numa outra época, vocês também eram crianças maravilhosas. Vocês foram os pioneiros e os mediadores. Sintam a gratidão da Terra por vocês. Vocês estão extremamente ligados a esse processo extraordinário. Depois sintam a chegada das novas crianças, cheias de expectativa e inspiração. Elas também estão aqui para ajudar vocês. A vivacidade e a sabedoria delas vai animá-los e recordá-los de que a nova era está realmente despontando, que o trecho mais longo é, de fato, o último trecho de volta ao lar, e que as flores do amor e da paz vão realmente florescer.

© Pamela Kribbe 2006 


Tradução por Vera Corrêa
Fonte: http://comandoestrelinha.ning.com/


sexta-feira, 23 de março de 2012

Servidores vão ao STF contra 14º e 15º salários de parlamentares


 Senador Ivo Cassol reclama: 'Político no 
Brasil é muito mal remunerado' (brincadeira né???)

A Associação dos Servidores do Ministério Público Federal (ASMPF) protocolou hoje no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) contra o pagamento de 14º e 15º salários a senadores e deputados federais.
A entidade pediu ainda liminar para que os salários extras sejam suspensos imediatamente.
"Do ponto de vista moral, tal prática é um absurdo. 
Do ponto de vista legal, há fortes indícios de descumprimento da Constituição Federal e do princípio da isonomia", disse o presidente da ASMPF, Marcos Ronaldo de Araújo.
De acordo com Araújo, não há lei federal que preveja o pagamento desse tipo de subsídio a parlamentares.
Além disso, nenhuma outra autoridade ou agente público federal recebe tal benefício. "É muito mais uma benesse do que um direito", completou Araújo.
Autorizado por meio de decreto legislativo de 1995, os benefícios costumam ser pagos a servidores públicos obrigados a mudar de cidade em função do trabalho, mas uma única vez, para custear a transferência.
Acabou sendo estendido aos deputados e senadores a título de ajuda de custo para moradia e transporte, apesar dos parlamentares já receberem auxílio-moradia e uma cota para o exercício da atividade parlamentar.
O pagamento dos extras também ocorre em algumas unidades da federação, como no Distrito Federal.
No mês passado, a Câmara Legislativa da capital aprovou a extinção dos benefícios que eram pagos aos deputados distritais.
No Senado, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) deveria ter votado na última terça-feira um projeto que acaba com o pagamento dos salários extras, mas um pedido de vista do senador Ivo Cassol (PP-RO) adiou a votação para a semana que vem.
Na ocasião, Cassol disse que os parlamentares brasileiros são mal remunerados, já que destinam boa parte do que recebem a entidades assistenciais, compra de remédios e até festas de formaturas.
"A manutenção de tal privilégio com tal argumento é estapafúrdia. 
O parlamentar tem que ter uma boa estrutura e ser bem remunerado para fazer seu trabalho e isso já acontece", contra-argumentou Araújo.
Para o presidente da organização não governamental (ONG) Transparência Brasil, Cláudio Abramo, o argumento de que políticos têm que pagar o que quer que seja aos eleitores é "um absurdo", embora não seja novidade.
"Ninguém tem que pagar nada para ninguém. Isso não faz parte da atividade política. 
Quando alguém diz que faz isso, está confundindo relações pessoais com a atividade política. 
Difícil dizer que seja ilegal, mas é uma relação assistencialista", disse Abramo, que defende a redução da verba de custeio das funções parlamentares, além do número de assessores de gabinete, como forma de minimizar o efeito dos "mecanismos que os políticos usam para garantir sua reeleição".
Procurada, a assessoria de Cassol informou que o senador não comentaria o assunto antes da próxima reunião da CAE.
Em nota divulgada ontem (22), o senador disse nunca ter defendido o pagamentos dos benefícios e prometeu votar a favor da extinção dos salários extras (só vendo para crer).


Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5682285-EI7896,00-Servidores+vao+ao+STF+contra+e+salarios+de+parlamentares.html

quinta-feira, 22 de março de 2012

Indígenas denunciarão, na Cúpula dos Povos, violação de direitos e violência que sofrem no Brasil


Publicado em março 19, 2012 por 

As associações indígenas brasileiras vão utilizar a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, prevista para junho, no Rio de Janeiro, a fim de denunciar os problemas vividos pelos índios no país.
“A gente está pensando em utilizar a Cúpula [dos Povos, evento paralelo à Rio+20] para dar visibilidade aos grandes problemas de violação de direitos e de violência que os povos indígenas vivem hoje no Brasil”, disse à Agência Brasil Sonia Guajajara, da coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) e integrante da direção nacional da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib). Ela participa, no Rio, de seminário internacional para definição da metodologia da Cúpula dos Povos.
 

Sonia externou a preocupação dos indígenas em relação a leis, que qualificou de retrocesso. Entre elas, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215 que transfere do Poder Executivo para o Congresso Nacional a demarcação e homologação de terras indígenas e quilombolas e o Código Florestal.
Referiu-se também aos grandes empreendimentos, como hidrelétricas, que, segundo ela, trazem “constantes pressões” sobre os territórios indígenas. “São uma série de problemas que violam todos os dias os direitos que nós temos garantidos”. A participação dos índios na Cúpula dos Povos pretende denunciar o governo brasileiro “por omissão e negação desses direitos”, destacou Sonia Guajajara.
A partir do dia 17 de junho, os indígenas brasileiros deverão estar no entorno do Aterro do Flamengo, com o Acampamento Terra Livre, instância máxima de deliberação dos povos indígenas do Brasil, que há oito anos é montado em Brasília. “Como é um movimento nosso de debate político, era importante que a gente trouxesse essa discussão para cá também”, disse.
As instituições que compõem a Apib nas cinco regiões brasileiras – Articulação dos Povos Indígenas do Nordeste, de Minas Gerais e do Espírito Santo (Apoinme), Articulação dos Povos Indígenas do Sul (Arpinsul), Articulação dos Povos Indígenas do Pantanal e Região (Arpipan), Articulação dos Povos Indígenas do Sudeste (Arpinsudeste) e a Coiab – estarão presentes no Acampamento Terra Livre. Essas organizações se encarregarão de trazer à Cúpula dos Povos representações locais e estaduais. “Assim, a gente consegue estar aqui com diversas expressões culturais, focando também no debate político”, declarou Sonia Guajajara.
O movimento está conectado ainda com toda a América Latina. Deverão enviar representantes à cúpula, a Coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (Coica), que abrange os nove países da região, a Coordenação Andina de Organizações Indígenas (Caoi) e o Conselho Indígena da América Central (Cica).
Os temas principais que serão abordados pelos indígenas incluem a questão de território, o impacto dos grandes empreendimentos e o direito de consentimento livre, prévio e informado das populações indígenas.
Reportagem de Alana Gandra, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 19/03/2012


CONHEÇA PATH - A Cidade Subterrânea de Toronto no Canadá

Você é o nosso convidado para um passeio na Path, a movimentada cidade subterrânea de Toronto.



quarta-feira, 21 de março de 2012

ESTÃO BRINCANDO DE DEUSES: Terremoto em Chiapas no México era pra ser uma simples simulação, mas coincidiu com um terremoto real de 7,8° (???)


21 Março 2012
Um treinamento para terremoto no estado de Chiapas hoje coincidiu com a real magnitude do terremoto de 7,8 Richter registrado no sul do México e causou uma mobilização dramática de milhares de pessoas. O treinamento, que estava marcado há meses e começou com o som de alarmes em escritórios, templos e sinos tocando em escolas e hospitais, tornou-se uma mobilização de ambulâncias, bombeiros e as chamadas para evacuar edifícios quando a terra começou a tremer de verdade.

Ao registrar o terremoto, os comandantes da Cruz Vermelha, Bombeiros, Defesa Civil, militares e outras autoridades ordenaram para que fossem tomadas as medidas que haviam sido acordadas anteriormente para a situação fictícia, que teria como base uma simulação de um terremoto de 7,9 na escala Richter as 12:00 hs.
O tremor real "coincidentemente" começou as 12:03 hs. e registou uma magnitude de 7,8 graus, com uma duração de 55 segundos e seu epicentro foi localizado no sul do estado de Guerrero.
Depois de sentir o tremor, os trabalhadores que segundos antes haviam relutantemente aceitado se retirar de seus escritórios, aceleraram seu ritmo apesar da descrença em diferentes pontos, enquanto que os alunos que estavam ansiosos para sair de suas salas de aula ja participaram mais, divertindo-se com a lembrança que isso desmentia a chamada de dias atrás para a simulação de um terremoto.
Meio brincalhão, o responsável pelo treinamento em San Cristobal de Las Casas, Victor Amezcua, distanciou o Governo de qualquer possibilidade de um jogo ou brincadeira. "De jeito nenhum, não tínhamos conhecimento de que iria acontecer, um terremoto não era esperado, nem o Japão tem tecnologia que possa prever", disse o especialista.
O plano inicial é que o chamado para o regresso ao normal ocorresse após uma hora do treinamento, mas a confusão e danos estruturais em alguns prédios forçaram muitas pessoas a suspenderem as atividades para o resto do dia.
A simulação havia sido planejada para gerar uma série de colapsos para o prefeito, uma dezena de mortos e centenas de feridos, mas na realidade, 256 edifícios públicos acabaram sendo evacuados, 19.000 estudantes e trabalhadores de 350 empresas dispensados, envolvendo uma população total de 1,7 milhões de pessoas e uma equipe médica de mais de 1.200 componentes.
O terremoto que foi sentido nas 15 regiões de Chiapas não teve vítimas e de acordo com a Protecção Civil, apenas foram relatadas avarias como fissuras ou rachaduras em alguns edifícios.

Viram o texto e o cartaz acima?
Era pra ser uma simulação já programada, de preparação para um terremoto, mas acabou acontecendo um terremoto real??? Como assim???
Sera apenas uma coincidência???
Ou um terremoto já havia sido programado pela "natureza" ???
E a tal coincidência matemática, de hora local e magnitude, existe mesmo???

Ou o que a humanidade poderia supor como uma simples coincidencia não seria apenas os illuminatis mandando um recado para os seres mais despertos, mostrando o seu poder e tentando amedronta-los???

domingo, 18 de março de 2012

AGORA A AMAZONIA NÃO É DO BRASIL??? É DO MUNDO??? (Veja este é o vídeo que esta passando nos EUA)



Este é o vídeo que esta passando nos EUA

AGORA A AMAZONIA NÃO É DO BRASIL??? É DO MUNDO?

Você até pode achar que o problema não é seu, mas isto não é verdade. O futuro do País é o futuro dos nossos filhos.

Paises interessados nas riquezas amazônicas estão investindo pesado, a muito tempo, numa propaganda cujo teor é uma mensagem de que a Amazônia não pertence ao Brasil, mas ao mundo (leia-se USA). Fala-se em preservação ambiental, minorias étnicas, terras de índios, mas o que já não conseguem esconder é a sua sede de apropriação indébita, de usurpação, de conquista.

Veja, por exemplo, os recentes exemplos da "defesa" americana do Kuwait, a invasão do Iraque, guerra do golfo, etc. Os EUA não estão preocupados com a defesa das liberdades dos povos, mas sim com o petróleo que jorra no oriente. Com a Amazônia não é diferente. Eles não estão nem ai como os índios ou com a preservação. Apenas com a riqueza incalculável de nossas terras.

Infelimente o governo brasileiro adotou uma politica insana e caótica com relação aos indios e a própria Amazônia. Parece não enxergar o óbvio.

A politica externa brasileira é uma lástima: cite-se o exemplo a tímida reação brasileira diante do golpe de mão que os bolivianos deram nas refinarias da Petrobrás. O Paraguai agora quer fazer o mesmo, com relação a Itaipú. Não podemos deixar que o governo entreguista prossiga dilapidando o futuro dos nossos filhos. O mínimo a fazer é divulgar, discutir e fiscalizar o governo que pagamos para nos proteger.

Dedo de 38cm descoberto no Egito (???)


O especialista em Pirâmides Gregor Spörri (56) documentou suas
experiências na obra "The Lost God"(O Deus Perdido).
Seria a evidência de que gigantes andaram pela terra? Existiram de fato os Nephilim, os gigantes filhos do Anak?
9/março/2012, guevara2012 
Tradução e adaptação: Caminho Alternativo

A matéria foi divulgada de forma exclusiva hoje (09/03/2012) pelo jornal Alemão Bild e mostra pela primeira vez ao público as fotos tiradas por Gregor Spörri, nelas se visualiza um dedo de 38cm de comprimento, o que sugere que o humanóide possuia mais de 5 metros de altura.

Estas fotos supostamente foram feitas no Egito por Gregor Spörri em 1988. 
Segundo narra o jornal, o dedo foi roubado por um velho “ladrão de túmulo” e que o manteve guardado por anos, como sendo uma relíquia de sua família. 
Em uma reunião a 100km da cidade do Cairo, Gregor conheceu o seu dono e por US$ 300 dólares foi autorizado a fotografá-lo.
Para tentar demonstrar que o dedo é verdadeiro, Gregor fotografou o objeto junto a laudos de Raio-X, sendo um da Suíça, ambos são da década de 60.

O laudo do Raio-X

O dedo ao lado de uma nota para efeito de comparação
Anos depois Gregor retornou ao Cairo para tentar localizar o seu dono novamente mas sem sucesso.
O livro “The Lost God” pode ser adquirido no site da Amazon:

The Lost God - por Gregor Spörri (clique para acessar)
Mais informações sobre a obra podem ser encontradas no site oficial:

Site Oficial (clique para acessar)
Fonte: Bild – visto em: AboveTopSecret
Comentário do blog:
Infelizmente não existe teste de DNA para comprovar a autenticidade do dedo, e possivelmente o seu proprietário não o permitisse, embora naquela época já existisse o exame de DNA
O dono desapareu e localizá-lo não deve ser tarefa fácil.
Eu pesquisei sobre esse jornal alemão Bild lançado em 1952 e encontrei esta matéria em português no site DW
Lá é explicado que o Bild é mais um jornal sensacionalista como vários outros, por exemplo o Daily Mirror (Inglaterra) e é também o mais vendido, sendo exportado para 48 nações.
Embora o assunto pareça muito interessante, é possível que o jornal esteja promovendo uma matéria sensacionalista. 
Mas deixo para o leitor tirar suas próprias conclusões.
Em relação aos Nephilim o leitor poderá pesquisar na internet, existem muitos textos e vídeos sobre o assunto.
Fonte: http://caminhoalternativo.wordpress.com/2012/03/09/dedo-de-38cm-descoberto-no-egito/
Publicado por: http://existenciaconsciente.blogspot.com.br/2012/03/dedo-de-38cm-descoberto-no-egito.html