sexta-feira, 13 de maio de 2016

FRAGMENTOS DE ENSINAMENTOS PLEIADIANOS: SERÁ A ORAÇÃO UMA FORMA DE PRISÃO?



Foto de Instit Mensageiros Do Amanhecer.


FRAGMENTOS DE ENSINAMENTOS PLEIADIANOS:
SERÁ A ORAÇÃO UMA FORMA DE PRISÃO?

Por Ibiatan Upadian

Dentro dos ensinamentos que nos são passados pelos irmãos Pleiadianos não há lugar para orações. A oração, que a priori seria uma forma de comunicação com o Criador Primordial, foi transformada pela humanidade numa forma de mera "pedição" e "lamentação".
Contudo, os irmãos Pleiadianos insistem que nós não temos que pedir, nem tampouco implorar nada.
Nossos deuses manipuladores nos condicionaram a acreditar que não somos ninguém, que somos coitadinhos e que vivemos aqui "de favor" deles e que por isso tudo de que precisarmos devemos implorar através de orações e da fé cega.
Infelizmente nós acreditamos e absorvemos isto.
Assim, através das orações e da adoração ou idolatria nós damos todo o poder a eles e acabamos por nunca tomar consciência que nós temos o nosso poder, que é muito maior que o deles, que é o suficiente para nos tornar seres livres, independentes e autosuficientes.
Eles não querem que seus escravos tornem-se conscientes para não tornarem-se livres, independentes e autosuficientes.
Eles não querem que nós descubramos que somos deuses criadores e que como tal temos o poder co-criador de fazer acontecer através da "IMAGINAÇÃO CRIADORA" e da "INTENÇÃO".
Devemos estar conscientes que somos sempre divinamente guiados, protegidos e supridos e que quando precisamos de algo não devemos "pedir", mas tão somente "comunicar" ao Criador Primordial, ao Grande Espírito a nossa "intenção".
Desta forma, devemos nos libertar da prisão da oração, da pedição e apenas comunicar diretamente ao Criador Primordial, ou a Fonte, sem intermediários a nossa "intenção", conforme nos sugerem abaixo os nossos irmãos Pleiadianos:

"Percebemos que alguns de vocês, devido a seu estágio de evolução, estão sempre gemendo e chorando, pedindo: 'Precisamos de ajuda e assistência agora e sempre!'
Permitam-nos, então, sugerir uma avenida por onde possam definitivamente caminhar - uma fórmula que funciona.
A fórmula é bem simples. Todos os dias, em todos os momentos, devem determinar com clareza o que desejam vivenciar. Pode ser que o que vocês desejam se enquadre na categoria de 'impossível', tendo em conta as fronteiras das limitações alheias e aí nestas condições não conseguirão atingir os seus objetivos.
Mas, imbuídos do sentido do merecimento e da graça divina, descubram no vosso íntimo aquilo que é necessário para lhes trazer paz e felicidade. O que os fará sentir leves, ligados e vivos? Que desejo vocês têm que irá trazer paz ao planeta que ocupam com o vosso ser?
Quaisquer que sejam estes desejos, comecem a querê-los. Chamem-nos para vocês dizendo o que segue abaixo ou seguindo este modelo:"

Oh! Senhor, nosso Pai/Mãe Criador Primordial!
"É minha intenção ter harmonia em minha vida. É minha intenção ter saúde e energia que me levem à aventuras criativas. É minha intenção que eu seja bem provido de coisas materiais; que abrigo, alimento e todas as coisas de que eu precise para viver me sejam dadas em grande abundância para que eu as partilhe com os outros seres”.
E assim é!
Está feito, está nas mãos da luz!

"Infelizmente vocês não foram condicionados a pensar assim, mas podem aprender.
Duas ou três vezes por dia, dediquem uma pequena porção do vosso tempo a estabelecer com clareza o que querem e criar uma egrégora de luz. Todos os dias abram os vossos centros de energia dentro e acima do vosso corpo chamando a freqüência da luz.
Nós a denominamos pilar de luz.
Visualizem um raio de luz descendo do Criador Primordial sobre vocês e entrando pelos vossos doze chakras, os sete dentro do corpo e os cinco fora dele, e emitam as vossas intenções, de forma afirmativa, com muita emoção, com muito amor no peito e a certeza que elas se concretizarão."
Assim, com a mesma certeza de que o sol irá nascer amanhã, substituam a vossa "oração" por uma "intenção" e comecem a libertar-se de suas prisões, principalmente as prisões do vitimismo e do coitadismo alimentadas pela oração.

As palavras chaves ou palavras de poder aqui são "EU ACREDITO", "EU POSSO", "EU TENHO A FORÇA" e assim é.

(com fragmentos extraídos do Cap. XXI do livro MENSAGEIROS DO AMANHECER, canalizado pelos Pleiadianos através da Bárbara Marciniak)



2 comentários:

  1. Os seres da luz, fizeram grandes revelações ao meu grupo de luz alguns anos atrás... A oração você dirige para o exterior (deus, diabo, satanás, draconianos, reptilianos...), sendo que a MEDITAÇÃO você dirige para o interior ( Fonte Suprema Pai/Mãe, Eu superior, Ser, seres angelicais, assembleias da luz, unidade KRISTI ou Kiristi num todo ou seres universais da luz autêntica. São revelações preciosas para o nosso despertar... Que a luz esteja em vossos corações.

    ResponderExcluir

Grato pela vossa visita e volte sempre.
Antes de comentar leia por favor:

1. Os comentários deste blog são todos moderados e nos reservamos no direito de publica-lo ou não;
2. Escreva apenas o que for referente ao tema;
3. Não publicaremos comentários que visem promoção pessoal ou de site, de blog, de canal ou de qualquer página na internet;
4. Tampouco publicaremos comentário com publicidade, propaganda ou divulgação de empresas, negócios, partidos, religiões ou seitas;
5. Ofensas pessoais, vocabulário de baixo nível ou spam não serão aceitos;
6. Não fazemos parcerias, debates, discussões ou acordos por meio de comentários;
7. Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato no rodapé da página;
8. Grato por participar e deixar aqui o vosso comentário.